PMs USAM COLETES VENCIDOS E ARMAMENTO VELHO

Os revólveres dos PMs só não são mais velhos, do que as antigas pistolasDesabafo de um PM ao Blog do Gusmão.

Sou Policial Militar, procuro me pautar pelo bom serviço para a comunidade. Sei que em minha profissão, bem como em varias outras, tem profissionais que maculam a imagem do serviço. Mas, mesmo não tendo o devido apoio, enfrentamos todos os tipos de marginais. O que queremos é valorização pessoal, melhores condições de trabalho. Como posso oferecer segurança publica se não consigo me proteger, muitas vezes saímos para trabalhar com revólveres com seis cartuchos velhos, sem coletes ou ainda assim, com mais de dez anos vencidos. Quem quando era criança nunca sonhou em ser policial, eu realizei meu sonho, e hoje me vejo enfrentado dificuldades que são descabidas, para quem tem como dever defender a comunidade. Estamos pedindo o devido apoio para realizar um trabalho que é essencial para a convivencia de toda sociedade.

GRUPO DE AÇÃO COMUNITÁRIA CONHECE O NOVO CÓDIGO TRIBUTÁRIO

tributário

ASCOM: Prefeitura de Itabuna.

O novo Código Tributário que a Prefeitura de Itabuna está elaborando foi o assunto da reunião semanal do Grupo de Ação Comunitária (GAC). Convidado a participar do almoço da entidade, o diretor da Divisão de Tributos da Secretaria da Fazenda, Octaviano Burgos, explicou que o atual Código é de 1985 e está muito defasado, exigindo assim que o município implemente um novo documento.

Octaviano lembrou que o novo código está sendo feito com a participação popular. “Por isso, estamos aqui apresentando o projeto e queremos convocar o GAC, a imprensa, os contadores e as classes sociais, para participarem agora em agosto deste processo, apresentando sugestões para o novo documento para em setembro ele ser mandado para a Câmara, para que os vereadores possam aprová-lo”.

(mais…)

VELOSO TEM AUDIÊNCIA COM PRESIDENTE DA FUNAI

veloso-plenario1

ASCOM: Deputado Veloso.

A luta contra a demarcação de terra em Ilhéus ainda continua, só que desta vez as ações a respeito do problema ocorrerão em Brasília. O Deputado Federal Raimundo Veloso, preocupado em resolver os impasses que envolve esta questão, tem nesta quarta feira(12) uma reunião com o presidente da Funai Márcio Augusto Freitas de Meira. Uma comitiva ilheense participará da reunião, contando com a presença de representantes da Câmara Municipal, do Sindicato Rural e o Presidente da Comissão dos produtores rurais, Luiz Henrique Uaquim.

Em um documento encaminhado à justiça, a Funai reivindica uma área de mais de 47 mil hectares de municípios do sul da Bahia como Ilhéus, Buerarema e Una para abrigar a etnia tupinambá. Em Ilhéus, a localidade de Olivença é o principal alvo na disputa, sendo que o município perderia cerca de ¼ do seu território para os índios.

VIATURAS DA PM NÃO ESTÃO CIRCULANDO

Pelo menos a maior parte da tropa, segundo informações colhidas pelo Blog do Gusmão, não está nas ruas.

Os policiais militares estão nas companhias, e não há nenhuma viatura circulando pelas ruas de Ilhéus.

O movimento “Polícia Legal” justifica a paralisação devido às pessimas condições dos equipamentos de trabalho (armas, viaturas, coletes à prova de bala e etc.)

ACABA A GREVE DOS PROFESSORES DE ILHÉUS

A prefeitura de Ilhéus informa através de sua assessoria de imprensa, que a greve dos professores e trabalhadores da educação chegou ao fim.

Os docentes receberão 12% de reajuste retroativo aos meses de maio, junho e julho. Os demais servidores do ensino receberão 10 % de aumento no ticket-refeição, mudanças de nível e processo de gratificação analisado pela procuradoria geral do município.

terão aumento de 10% no ticket-alimentação, mudanças de nível e processo de gratificação analisado pela Procuradoria Geral do Municípiterão aumento de 10% no ticket-alimentação, mudanças de nível e processo de gratificação analisado pela Procuradoria Geral do Município.terão aumento de 10% no ticket-alimentação, mudanças de nível e processo de gratificação analisado pela Procuradoria Geral do Município.terão aumento de 10% no ticket-alimentação, mudanças de nível e processo de gratificação analisado pela Procuradoria Geral do Município.o.

TUPINAMBÁS DE OLIVENÇA TERÃO AUDIÊNCIA COM MINISTRO DA JUSTIÇA

Os dez caciques Tupinambás de Olivença estão em Brasília. Na agenda constam reuniões com diversas autoridades, dentre elas: o ministro da justiça Tarso Genro, o presidente da FUNAI Marcio Meira, o presidente da comissão de direitos humanos da câmara dos deputados (Luiz Couto), e a procudadora federal Dr. Deborah Duprat de Britto.

Os índios se queixam que “alguns” fazendeiros estão espalhando boatos na região de Olivença, criando um clima de acirramento que poderá levar à violência, sendo assim, vão exigir das autoridades competentes, proteção e respeito à causa indígena.

REDUÇÃO DO POLICIAMENTO PODE CHEGAR A 100%

Pm bahia

Do Correio.

A liderança do movimento ‘Polícia Legal’, formado por 33 associações de praças e oficiais da Polícia Militar (PM), confirmou o início das mobilizações da categoria nesta segunda-feira (10), a partir das 7h, por tempo indeterminado.

Após reuniões no sábado e no domingo com o comando da PM, não houve consenso sobre as reivindicações salariais. “A expectativa é que haja uma adesão de 90% a 100% da tropa, e que a redução do policiamento possa chegar a 100%”, calcula o major Sílvio Correia, presidente da Associação dos Oficiais da PM na Bahia (Força Invicta).

Em nota oficial, o governo do estado afirma que tomou medidas para garantir a segurança pública e classificou como “movimento paredista” a interrupção dos serviços prestados por policiais militares, configurando quebra da hierarquia e da disciplina. A nota afirma ainda que a negociação só irá continuar com a manutenção das atividades regulares dos policiais.

O governador Jaques Wagner disse em entrevista ao Jornal da Manhã, desta segunda (10), que a mobilização é uma forma de ‘greve branca’ dos militares que não será aceita, nem reconhecida pelo governo. Wagner chamou atenção ainda para a ordem militar e a hierarquia que devem ser mantidas. A Constituição proíbe que os PMs façam greve. ‘Se negar a trabalhar, é aderir a greve’, enfatizou.

(mais…)

DISSIDENTES DO PSB SE FILIAM AO PMDB

Depois de perder espaço no PSB, Magno foi para o PMDB de Geddel e Veloso.
Depois de perder espaço no PSB, Magno foi para o PMDB de Geddel e Veloso.

Dissidentes do PSB descontentes com o grupo da deputada federal Lídice da Mata, que comanda o partido, se filiaram ao PMDB do ministro Geddel, no último sábado, dia 08, no Centro Cultural da Câmara de Vereadores, na Praça Municipal, em Salvador.

Lideranças conhecidas, tais como: Elísio Santana, Magno Lavigne (ex-presidente do PSB Ilhéus), Marcelo Trotta, Roberto Corsário, representantes do movimento de valorização da cultura afro-brasileira, sindicalistas rodoviários e diretores da UGT (União Geral dos Trabalhadores) aderiram ao “velho MDB”.

Com o aval do ministro Geddel, Magno Lavigne terá a incubência de dirigir o PMDB Sindical na Bahia.

“DEMOCRACIA NÃO É DEMOCRATISMO”

geddel 1Gusmão entrevista o ministro Geddel.

Para inaugurar a nova fase do Blog do Gusmão, fizemos uma entrevista com o ministro da integração nacional, Geddel Vieira Lima. A conversa foi gravada no domingo, 09 de agosto, dia dos Pais.

Principais destaques:

“Este é um drama que Fábio terá que enfrentar, não por falta de aviso”, Geddel comenta a situação do deputado estadual Capitão Fábio, que provavelmente não terá o apoio “exclusivo” do deputado federal Geraldo Simões (PT), em sua tentativa de reeleição.

“Trair como? Já que deixamos o governo diferentemente do que fizeram com o prefeito João Henrique, no momento que o governador ainda está em primeiro lugar nas pesquisas”, Geddel comenta a saída do governo, afirmando que não houve traição.

“Só me cabe agradecer! Estou pronto para conversar com todos”, ao comentar a simpatia que o prefeito de Ilhéus, Newton Lima, tem por ele, Geddel.

“Trair como? Deixamos o regaço confortável do poder, as varandas cobertas de Ondina, para nos submetermos a todo tipo de retaliação”, o ministro afirma que o PMDB decidiu pagar um preço alto, e que está na oposição.

Ouça na Rádio Gusmão.