CÂMARA CONVOCA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

Bel do Vilela solicitou explicações do secretário Maciel
Bel do Vilela quer explicações do secretário Maciel.

ASCOM: Câmara de Vereadores de Ilhéus.

A Câmara dos Vereadores de Ilhéus, através de seus vereadores, irá discutir nesta quarta-feira (12), assuntos pertinentes a educação na cidade. Para isso, convocou o Secretário Municipal de Educação Sebastião Maciel, que prestará esclarecimentos sobre a atual situação das creches municipais e da distribuição da merenda escolar. O requerimento feito à Mesa Diretora partiu do vereador Gilberto Souza (Bel do Vilela).

A sessão contará ainda com a participação dos Conselhos Municipal de Educação e de Alimentação Escolar e dos representantes das creches ilheenses. A necessidade desta pauta se faz pelo direito da população saber o que está acontecendo com a merenda escolar e com as creches da cidade. Segundo o vereador Gilberto Souza “É preciso que haja esclarecimentos sobre o que está acontecendo com a educação ilheense, pois só assim poderemos tomar as devidas providencias”. A sessão acontecerá a partir das 16h no Plenário Gilberto Fialho.

POLICIAL MILITAR EXPLICA MOVIMENTO "POLÍCIA LEGAL"

E-mail enviado ao Blog do Gusmão.

A Constituição veda aos Policiais Militares o direito a greve, o que está acontecendo na Bahia, é a luta por melhores condições de trabalho, por exemplo quase todos os coletes balísticos da PM estão vencidos, não há armamento tipo pistola ponto 40, 380 que é o ideal para todo o efetivo, esse equipamento muitíssimo reduzido, as viaturas quase todas estão com problemas diversos, o Código de Trânsito Brasileiro, diz que para conduzir viaturas de emergência é preciso ter o curso, nenhum policial da Bahia tem esse curso. O Estatuto da Polícia Militar prevê claramente pelo salário que se paga hoje (R$ 470,03), a carga horária de 40 horas semanais. Os policias chegam a trabalhar 192 horas mensais, o governo não paga hora extra.  O Governo é o Comandante por excelência da Policia Militar, precisa zelar pela institiução e pelo material humano, dar condições de trabalho, cumprir a Lei à risca, sob pena de responsabilidade pelo não cumprimento.  Aí sim, deverá cobrar rigor dos seus policiais, mas, falar na mídia que vai ser durão com os policais que estão na legalidade, é esquecer que ele, o governo, está na ilegalidade. É preciso cumprir a Lei e exigir o seu cumprimento.  Só que a mídia, às vezes, não tem o conhecimento pleno do princípio da legalidade, por isso, critica os policiais, dizem que é greve, e o que querem, mas, estamos à disposição para dirimir qualquer dúvidas. Vale ressaltar que alguns membros da imprensa estão do lado da verdade, da justiça, e não estão no bolso dos poderosos.
Muito obrigado.

O PODER DO VOTO

Artigo de Henrique Menezes.Rick-Gusmão

Votar não é apenas ter a oportunidade de escolher aqueles, que por premissa, devem lutar pelos interesses do povo. Vai muito além. Na verdade, é a possibilidade de se ter progresso ou atraso, vitória ou derrota, alegria ou tristeza, saúde ou doença, paz ou guerra, luz ou escuridão, educação ou ignorância, enfim, é algo tão poderoso que pode levar ao sucesso ou a ruína.

O que vemos no dia a dia é que as pessoas não dimensionam a importância da cidadania. O poder de mudar o mundo pela ação do seu voto consciente. Infelizmente, o voto é moeda de troca por um saco de cimento, uma cerveja gelada, uma cesta básica, um remédio, uma bola, um jogo de camisa, dentre outras coisas.

Não se pensa mais no coletivo, e sim naquilo que imediatamente lhe trará retorno, esquecendo-se de planejar o amanhã, o que virá depois, o futuro.

(mais…)