ENCONTRO EM JEQUIÉ REAFIRMA GEDDEL COMO ADVERSÁRIO DE WAGNER EM 2010

DSC00333

O PMDB do ministro Geddel Vieira Lima realizou neste domingo (16), o 11º Encontro Regional do partido, em Jequié, no sudoeste da Bahia.

O Blog do Gusmão esteve no evento para conferir a festa peemedebista, e tirou algumas conclusões.

O PMDB tem estrutura, força política e um discurso preparado para entrar na disputa com muitas chances de vitória.

A pré-candidatura de Geddel, hoje, é consenso no partido. Não há espaço para teses divergentes.

Dos 115 prefeitos filiados, 25 estiveram na “Cidade Sol”,  e todos, absolutamente todos, externaram grande insatisfação com o atual governo.

O ministério da integração nacional, segundo relato de muitos prefeitos, está suprindo as carências que “Ondina” não consegue sanar. Isto faz de Geddel uma espécie de governador “paralelo”, com mais prestígio do que Wagner em muitos municípios.

As constatações descritas indicam que Geddel tem condições de complicar, ou, impedir a reeleição de Wagner.

Os democratas e tucanos da Bahia, enfim unidos através do nome do ex-governador Paulo Souto, não devem subestimá-lo. Pelo  que este blogueiro observou, os palanques do “MDB” já foram montados, por sinal, com muita facilidade. Situação parecida, ainda não é possível notar nas hostes dos remanescentes do “carlismo”.

Após o final do evento, o ministro Geddel concedeu uma entrevista coletiva, onde fez diversas críticas ao governo Wagner.

Ouça agora na Rádio Gusmão.

Duração: 14 minutos.