POR PRESSÃO OU GRANDEZA DE ESPÍRITO, GOVERNO RECONHECE O ERRO

Do Jornal Bahia Online.

Após manifestação, prefeito reconhece que errou no episódio da meia-tarifa

Imagem: Clodoaldo Ribeiro.
Imagem: Clodoaldo Ribeiro.

O decreto publicado nesta quarta-feira (19), revogando a decisão que limitava a meia-tarifa aos dias de segunda a sábado e eliminava o direito no período de férias escolares, não foi suficiente para impedir a manifestação preparada durante toda a semana por estudantes da rede pública de Ilhéus, no sul do estado. Uma grande quantidade deles ocupou hoje (19) pela manhã a praça J.J. Seabra, onde fica o Palácio Paranaguá, exigindo a saída do prefeito Newton Lima (PSB) e a garantia dos seus direitos constitucionais.

O clima era tão tenso que a Prefeitura solicitou reforço policial. PMs fortemente armados foram posicionados na entrada principal do Palácio, viaturas fecharam ruas, policiais especiais foram posicionados em pontos estratégicos. De há muito não se via um esquema de segurança tão significativo nas ruas de Ilhéus. Na chegada ao local da manifestação, os estudantes vaiaram o rigoroso esquema de segurança e gritaram palavras de ordem como, por exemplo, “o dinheiro do meu pai não é capim”.

Leia mais.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *