PT RASGOU A ÉTICA

“Hoje é o dia que o PT se alia a Sarney e a Collor, e o dia em que a Marina sai”.

Pedro Simon, senador do PMDB pelo Rio Grande do Sul.

Nesta quarta-feira, dia 19 de agosto, a direção do PT orientou seus senadores para que votassem pelo arquivamento de todas as denúncias contra o presidente do senado, José Sarney.

A decisão rachou a bancada petista na “câmara alta”.

Sarney foi pego em escutas telefônicas, indicando o namorado da neta para um cargo no senado. A nomeação ocorreu através de um ato secreto.

Veja o desabafo do senador Flávio Arns (PT-PR).



One response to “PT RASGOU A ÉTICA

  1. Mercadante decide deixar liderança do PT
    Um dia após o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) ser desautorizado pelo Planalto, ele promete anunciar em plenário às 15h desta quinta que vai deixar o cargo de líder da bancada do partido no Senado. Mercadante já anunciou sua intenção no Twitter: “Eu subo hoje à tribuna para apresentar minha renúncia da liderança do PT em caráter irrevogável.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *