PREFEITURA DE ITABUNA INVESTE EM OBRAS DE DRENAGEM E CONTENÇÃO NO BAIRRO PEDRO JORGE

ASCOM: prefeitura de Itabuna.

Prefeitura investe na drenagem e obras de contenção da Pedro Jorge-01-foto Waldyr GomesConsiderada uma das prioridades do governo do Capitão Azevedo, as obras da avenida Pedro Jorge, com dois quilômetros de extensão e interligando a avenida Roberto Santos, no Pedro Jerônimo, à rua Dinamarca, no São Judas Tadeu, são estratégicas como parte do plano de melhoria da mobilidade urbana. O projeto visa para facilitar o tráfego entre os bairros Pedro Jerônimo, São Pedro e o Zizo, áreas densamente povoadas na zona Sul de Itabuna.

Para o diretor-adjunto de Projetos e Engenharia da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Marcos Fontes Lima, a obra é dividida em duas etapas, sendo a primeira (já em execução) de drenagem, contenção e colocação de meio-fio, executada pela construtora Monte Sinai, vencedora de uma concorrência pública. Numa fase complementar do projeto serão realizadas obras de pavimentação e urbanização da área, com uma pista de sete metros de largura.

Fontes Lima acredita que se não chover intensamente nos próximos meses, a primeira etapa da obra deverá estar concluída num prazo de 90 dias, de acordo com o cronograma executivo do projeto. “Hoje, 40% da drenagem já foi concluída e 30% das obras de contenção realizadas com a superação de uma série de dificuldades”, aponta. Ele observa que no período foram feitas intervenções simultâneas para superar interferências da rede de esgotos, de água, de energia e mesmo de telefonia.

A desobstrução do canal do Pedro Jerônimo foi uma ação que mobilizou equipes de fiscalização da Sedur e envolveu técnicos da Emasa. Nesta ação foram demolidos alguns imóveis residenciais e comerciais, muros e até lajes construídas irregularmente às margens do canal, o que contribuía para o represamento das águas e alagamento das áreas vizinhas à bacia onde ocorriam problemas de assoreamento por entulho e lixo, por falta de limpeza e proteção das margens e da mata ciliar; além do consequente estrangulamento da calha dos córregos, pela construção de moradias, canalização e travessia de tubulações gerando assim diversos pontos de risco.

Marcos Fontes Lima observa que o projeto vem representando a superação de uma série de obstáculos, mas é uma obra definitiva, com uma avenida com sete metros de largura, pavimentação e toda a infra-estrutura. Observa que até agora foram realizadas intervenções em sete pontos diferentes do trajeto, com implantação de redes de dutos de esgotamento sanitário pela Emasa.

Para Adenilton Cardoso, residente na esquina da rua Vila Nova com a Pedro Jorge, as obras vão melhorar significativamente a infraestrutura do bairro e a qualidade de vida da população: “Hoje, já podemos perceber uma grande melhoria, porque o esgoto corria a céu aberto e agora, vamos ter não apenas esgotamento sanitário como também pavimentação”, disse.

Outro morador, Antônio Oliveira Silva, considera que as obras não apenas vão melhorar as condições do bairro, como também representarão uma valorização real dos imóveis. “Itabuna é uma cidade que cresceu muito rápido, sem planejamento e hoje enfrenta as consequências com a falta de saneamento, de pavimentação e mesmo de uma melhor infraestrutura”. Ele elogiou a decisão do prefeito Azevedo que realiza uma obra desejada pela população da área e com uma boa base de contenção, o que vai permitir suportar o tráfego pesado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *