CÂMARA DE ILHÉUS DISCUTE O DIA MUNICIPAL DA CONSCIÊNCIA INDÍGENA

ASCOM: câmara de vereadores de Ilhéus.

vereadora carmelitaA Câmara de Vereadores de Ilhéus realizará amanhã a tarde uma sessão especial para discutir o dia municipal da consciência indígena. Comemorado todo dia 30 de setembro, o dia municipal da consciência indígena foi instituído através do parágrafo 10 do art. 282 da Lei Orgânica Municipal e visa resgatar a história do massacre indígena ocorrido no Rio Cururupe.

O requerimento de nº 153/2009 para a realização da sessão foi de autoria da vereadora Carmelita Ângela, que espera que os povos indígenas sitiados em Ilhéus tenham seu devido reconhecimento. “É preciso valorizar o povo indígena, afinal nos brasileiros temos um pouco de índio em nossa raça”, lembrou a vereadora.

Foram convidados para a sessão: O Executivo Municipal, Conselho Municipal de Educação, Direc 6, Secretaria Municipal de Educação, APPI/APLB, Movimento Negro Unificado (MNU), Movimento Indígena, Movimento da Negralidade e o Grupo Dilazenze.

A sessão acontecerá na Câmara de Vereadores, no Plenário Gilberto Fialho a partir das 16h.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *