ELES NÃO QUEREM “O ADVOGADO DO POVÃO”

cosme1Uma tese une a maioria dos vereadores de Ilhéus, principalmente os governistas. O retorno do advogado Cosme Araújo à casa legislativa da cidade, como ocupante de uma nova cadeira, desagradaria muitos dos que lá já estão.

Cosme tem memória de elefante e língua de tamanduá, e além do mais, guarda sobre “sete capas”, gravações desabonadoras que lembram o relacionamento de um determinado vereador com o governo Valderico.

Para “os homens do palácio”, a hipótese também não agrada, já que o causídico tem afirmado que será um opositor contumaz do governo Newton Lima.

Câmara e governo falam a mesma língua, através de uma “oração” pronunciada em conjunto: “Ó Senhor! Cosme não! Cosme não!”



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *