MORTE DE BRUNO MORENO COMOVE UBAITABA E AURELINO LEAL

Do site Ubaitaba.com

bruno MORENO O último sábado foi um dia triste para Ubaitaba e Aurelino Leal, após a morte de Bruno Moreno, filho da professora Maria Moreno, jovem simples, humilde, trabalhador e estudante. Muito querido na cidade por ser amigo de todos e por ser pessoa de boa índole e bons costumes. Foi vitimado com um tiro no peito, quando  estava voltando, conduzindo sua moto de Aurelino Leal para Ubaitaba.

Bruno, mesmo após ter sido baleado, ainda conseguiu chegar próximo ao Hospital de Ubaitaba, onde caiu e algumas pessoas e policiais da delegacia o socorreram. A polícia informou que ainda pensaram que ele estava embriagado ou havia sofrido um acidente de moto. Bruno ainda foi socorrido com vida. Após tirar a camisa dele é que a Polícia percebeu o ferimento de bala. Alguns minutos depois ele não resistiu e morreu. O crime aconteceu sábado, dia 17 por volta das 23 horas.

(mais…)

TURMA DE JAILSON NASCIMENTO PERSEGUE ENFERMEIRA QUE PUNIU PAULO MEDAUAR

A turma do vereador Jailson Nascimento, conhecido como o Controlador Geral da Saúde de Ilhéus, segundo informações “subjetivas”, estaria perseguindo implacavelmente a enfermeira Andréa Dickie, atual diretora da secretaria de saúde, a mesma que em janeiro deste ano,  cortou o ponto do ex-secretário de saúde, o médico Paulo Medauar.

Medauar “teria” queimado um de seus plantões, no posto de saúde 24 horas do bairro Teotônio Vilela. Segundo consta, a enfermeira “teria” agido como manda a lei, ou seja, “desceu a caneta” e impediu que o “doutor” recebesse pelo dia não trabalhado.

A atitude “teria” ferido o orgulho do ex-secretário, que, “teria” solicitado ao presidente da câmara “Jailson Sarney Nascimento”, intercessão  junto ao prefeito Newton Lima.

O chefe do executivo “teria” mantido a decisão da enfermeira, fazendo com que a turma de Jailson chegasse a seguinte conclusão: “vingança é um prato que se come frio”.

O médico Paulo Medauar é unha e carne, carne e unha com o vereador do malhado. Para que o visitante tenha uma noção mais aproximada do nível dessa amizade, ressaltamos que a esposa do ex-secretário (Núbia), é chefe de gabinete de Jailson na presidência da câmara.

Consciente de que a enfermeira “teria” desonrado “a conjuração” que determina os caminhos da saúde pública da cidade, a turma de Jailson “estaria” tentando a todo custo, cumprir a promessa de vingança.

Andréa Dickie foi indicada pelo grupo do vice-prefeito Mário Alexandre.

EMPRESÁRIO AFIRMA QUE FILHO DE DEPUTADA TENTA UTILIZAR A SUCAB PARA AJUDAR O DEM

Um empresário da região, com grande prestígio junto à cúpula do governo do estado, afirmou ao Blog do Gusmão que “dedurou” o vice-prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSDB), para um secretário muito próximo ao governador Jaques Wagner.

Marão, filho da deputada estadual Ângela Sousa (PSC), que integra a base do governo na assembléia legislativa, estaria formando um grupo de empresários dispostos a colaborar financeiramente com a candidatura do ex-governador Paulo Souto.

O problema é que as pessoas procuradas pelo filho da parlamentar tocam obras financiadas pelo estado, sendo assim, Mário estaria utilizando a forte influência da mãe na SUCAB (superintendência de construções administrativas da Bahia) com o intuito de conseguir doações para o DEM.

O “informe” teria caído como uma bomba em Ondina, e pode prejudicar ainda mais, a desconfiada relação da deputada Ângela Sousa com o governo.

GAGA DE ILHÉUS VENCE A ENQUETE DO GUSMÃO

Solange (a gaga de Ilhéus) foi a pré-candidata com o maior número de votos. De maneira surpreendente, ela venceu os favoritos Ângela Sousa e Jabes Ribeiro.

A opção nenhum destes candidatos ficou em segundo lugar.

A vitória de Solange pode significar a possível ascensão do voto de protesto em 2010.

Confira o resultado final.

enquete deputado estad. copy

CENSURA AO ESTADÃO COMPLETA 80 DIAS

Do site Comunique-se.

Para o cientista político e professor aposentado da USP, Leôncio Martins Rodrigues, a censura imposta desde 31/07 ao Estado de S. Paulo é um caso típico de clientelismo e patrimonialismo que prejudica a consolidação da democracia e o desenvolvimento do País. Hoje o caso de censura ao Estadão completa 80 dias.

“O caso mostra como o poder público brasileiro não consegue se afastar dos interesses particulares. Forma-se uma rede que une e mistura interesses familiares, econômicos, de relações de amizade e de parentesco, que assegura a ascensão política e econômica por meio do controle de setores do Estado, e torna muito difícil a racionalização e profissionalização do serviço público. Houve alguma melhora ao longo dos anos mas, especialmente no Nordeste, o progresso foi bem menor”, declarou.

(mais…)

TELEANÁLISE: VIVER A VIDA EM CÍRCULOS

malu fontes

Por Malu Fontes.

Há cerca de um mês no ar, é fato que ‘Viver a Vida’, o novelão das nove da vez, sob a responsabilidade de ‘Maneco’, como os telenoveleiros ditos descolados preferem chamar o novelista Manoel Carlos, ainda não disse a que veio. Sem uma estrutura dramática mínima, mesmo que multifacetada em diversos núcleos, como é a marca registrada do autor, Viver a Vida tem chamado mais atenção por suas características extrínsecas à trama do que por suas qualidades dramatúrgicas. Se o aferidor de qualidade da novela for a quantidade de pautas e teminhas descartáveis que ela consegue agendar na imprensa cor de rosa, então é um sucesso.

Onze entre 10 revistas de moda e de fofocas e suas versões televisivas ressaltam dia sim e outro também a elevação do crespo que caracteriza os cabelos de Thaís Araújo à condição de proposta fashion e de novo hit das cabeças femininas. Mesmo que de natural o cabelo da heroína tenha pouco ou quase nada, resultado que é de um aplique chiquérrimo produzido por cabeleireiros hypados do Leblon e do Projac. Além de ser objeto de notícia pela beleza dos seus cachinhos volumosos, Thaís também é citada como a primeira protagonista negra do horário nobre em onze a cada 10 textos desses que ninguém perde nada não lendo. Anuncia-se o fato com tons de conquista a ser celebrada pelos movimentos afirmativos dos negros.

(mais…)