COMITÊ DE URGÊNCIA DISCUTE AÇÕES DO PLANO VERÃO EM ILHÉUS

Jorge Arouca, médico sanitarista e coordenador geral do SAMU de Ilhéus.
Jorge Arouca, médico sanitarista e coordenador geral do SAMU de Ilhéus.

Da assessoria de comunicação da prefeitura de Ilhéus.

Com o objetivo de discutir e propor ações que complementem e otimizem o sistema de urgência, representantes do Comitê Gestor Municipal de Urgência participaram de reunião esta semana em Ilhéus. O encontro é o segundo após a reativação do órgão, fundado no ano passado. Integram o comitê representantes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192), Corpo de Bombeiros, Salva Vidas, Polícia Militar, Secretaria de Serviços Urbanos, Transporte e Trânsito, Detran, polícias rodoviárias Estadual e Federal, entre outros.

Para a reunião, realizada no auditório do CTA, no prédio do antigo Sesp, a pauta da vez foi o verão. O coordenador Geral do Samu, o médico Jorge Arouca, explicou que este costuma ser período que necessita de atenção redobrada, principalmente, dos órgãos ligados ao comitê. “Durante o verão, a cidade registra grande fluxo de turistas e visitantes que por não conhecer nosso litoral contribuem para o aumento no número de afogamentos. Além disso, também aumenta o número de festas, maior ingestão de bebidas alcoólicas e de acidentes de trânsito”.

Discutir a organização da grade de referência dos serviços de urgência também fizeram parte da discussão sobre a criação do plano de verão foi outro ponto debatido durante a reunião. Para Jorge Arouca essas ações têm como objetivo o de definir as principais funcionalidades dos hospitais e unidades de saúde do município o papel de unidade de saúde e hospital, “a fim de facilitar o trabalho de encaminhamento feito pela equipe do Samu no momento do atendimento. Além disso, a medida ajuda a desafogar o atendimento prestado pelo Hospital Geral Luiz Viana Filho que recebe grande parte das ocorrências da cidade”.

A campanha específica para o verão também será composta pela criação de dois eixos que nortearão o trabalho do Comitê Gestor Municipal de Urgência durante a alta estação. O primeiro eixo diz respeito a realização de campanhas de prevenção à população contra risco de acidentes de trânsito e afogamentos. Já o segundo é referente ao plano de assistência descentralizada que prevê a montagem de duas bases móveis de atendimento nas zonas sul e norte. “Nessas bases, uma equipe formada por profissionais do Samu, Corpo de Bombeiros e Salva Vidas realizará o atendimento de primeiros-socorros a afogamentos e acidentes de trânsito”. Ainda de acordo com Arouca, para atuar nessas bases descentralizadas os profissionais desses órgãos deverão passar por curso de capacitação específico.

O próximo passo será a apresentação do projeto para o prefeito Newton Lima e equipe do governo, com o intuito de buscar a viabilidade do plano, previsto para dezembro e prosseguindo até abril. Suas ações se estenderão até o feriado da Semana Santa. Representantes da Clínica Ortopédica e Traumatológica de Ilhéus (Coti), Clínica Ortopédica e Cirúrgica de Ilhéus (Coci), pronto atendimento do Teotônio Vilela e Marinha também estiveram presentes à reunião do comitê.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *