ITABUNA SERÁ ILUMINADA DE AZUL NO MUTIRÃO DO DIABÉTICO

fotos materia Mutirão Diabetes 2Transformar Itabuna em cidade-modelo na prevenção e tratamento do diabetes, integrando o município a uma campanha em nível mundial, com a participação de 181 países. Esses são os principais objetivos do 5º Mutirão do Diabético, que será realizado no próximo dia 14 de novembro e que está inserido no Dia Mundial do Diabetes, que este ano tem como tema “Compreender para controlar”. Iniciado em 2004, o projeto coordenado pelo dr. Rafael Andrade, idealizador do Centro Avançado de Retina e Vítreo, é promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio, em parceria com a Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA), Prefeitura de Itabuna/Secretaria Municipal de Saúde, Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e Unimed.

“O Mutirão do Diabético vem sendo de grande valia para o sucesso do programa inovador no Estado, já consolidado como uma das principais campanhas de saúde pública do Norte Nordeste em Diabetes”, afirma o doutor Rafael Andrade. Itabuna presta assistência médica a uma população de aproximadamente um milhão de pessoas, abrangendo as regiões Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia. “Sabendo-se que a estimativa é que cerca de 8% da população entre 30 e 69 anos são diabéticos, temos um quadro de mais de 80 mil pessoas com a doença” no universo de mais de 1 milhão de pessoas que freqüentam Itabuna como um pólo importante de serviços em saúde no Interior da Bahia, diz o oftalmologista.

(mais…)

LANDIM SOUBE PRIMEIRO, MAS, SÓ ALERTOU BEM DEPOIS

A empresa Encamtur, do empresário Alfredo Landim, terá o privilégio de vender passeios para os turistas que chegarem à Ilhéus através dos navios da MSC.

A conquista de Landim ocorreu no momento em que a CODEBA proibiu os taxistas de terem acesso ao Porto do Malhado, impedindo-os de manter, após o desembarque, o primeiro contato com os passageiros, e, desta forma, dificultando que os motoristas vendam seus passeios, onde o cliente escolhe os lugares que serão visitados.

A questão é uma só: Landim também é secretário de desenvolvimento econômico de Ilhéus. Será que usou a função para beneficiar-se, uma vez que, “coincidentemente” ocupa a função de representante da prefeitura no conselho das autoridades portuárias de Ilhéus, o CAPI?

Fontes palacianas informaram ao Blog do Gusmão, que nem todos os navios previstos para atracar em nosso Porto são da MSC (empresa que contratou Landim). Além do mais, a Encamtur tem forte presença e credibilidade no setor turístico, bem antes do seu dono “sonhar” em assumir um posto importante no governo, porém, o comportamento do secretário/empresário foi estranho em apenas um aspecto: a proibição aos taxistas lhe foi passada em maio, e só em agosto ele informou para os demais setores responsáveis da administração municipal.

Por quê?

LANÇAMENTO DO LIVRO SOBRE SARNEY ACABA EM PANCADARIA

Os bastidores do enriquecimento e tomada do poder pela família Sarney.
Os bastidores do enriquecimento e tomada do poder pela família Sarney.

Da Folha Online.

Terminou em tumulto e pancadaria o lançamento do livro “Honoráveis Bandidos – Um retrato do Brasil na era Sarney”, na sede do Sindicato dos Bancários, em São Luís (MA), na noite de última quarta-feira.

A noite de autógrafos de Dória foi marcada para ocorrer na sede do sindicato, porque as livrarias do Maranhão se recusaram a lançar a obra.

Segundo o sindicato, estudantes ligados à família Sarney jogaram ovos e uma torta na direção de Dória, em protesto contra o livro. Houve também uma discussão entre os participantes do evento e os manifestantes.

Em nota, o Sindicato dos Bancários do Maranhão condenou a violência.

“Os atos de vandalismo provocado por 10 a 15 baderneiros, quando da ocasião de lançamento do livro ‘Honoráveis Bandidos’ do jornalista Palmério Dória, nessa quarta-feira(04/11) em nossa sede, relembra os tristes fatos históricos das décadas de 50 e 60 em nosso Estado, que acreditávamos sucumbidos. Naquela época, prevalecia no Maranhão a lei da força bruta, da intolerância, em que as diferenças eram resolvidas pela pancadaria”, citou a nota.

(mais…)