AZEVEDO RECUPERA REDE DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA AVENIDA PEDRO JORGE

Da assessoria de comunicação da EMASA.

Emasa recupera rede de esgotamento sanitário da Avenida Pedro Jorge-02-foto divulgação“Milagre para mim é trabalho”. Esta é a definição do prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, para os avanços da sua gestão neste primeiro ano de governo. Ele visitou as obras de recuperação da rede de esgotamento sanitário da Avenida Pedro Jorge nesta terça-feira (17), acompanhado do vereador Ricardo Bacelar e técnicos da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa).

A obra, que nesta fase está sendo executada com recursos próprios, vai beneficiar moradores dos bairros Pedro Jerônimo e São Pedro. Segundo o presidente da Emasa, Alfredo Melo, a meta é substituir as redes de esgoto condominial por redes de esgotamento convencional. “O esgoto condominial apresenta problemas constantes e em todas as partes da cidade, pois é inadequado para a topografia de Itabuna”, ressalva.

O supervisor de Saneamento da Emasa, Renato César Fernandes, diz que serão implantados 11.245 metros de rede de esgoto ao longo da Av. Pedro Jorge e mais 42 ruas dos bairros Pedro Jerônimo e São Pedro, beneficiando 1.858 domicílios. Na previsão do gerente de Saneamento da empresa, Ailson Souza, os serviços deverão ser concluídos em quatro meses.

Para o vereador Ricardo Bacelar, a obra vai melhorar a qualidade de vida das pessoas em diversos aspectos. Ele elogiou a iniciativa do prefeito e lembrou que a Câmara de Vereadores tem apoiado o Executivo nos projetos que beneficiam diretamente a população, a exemplo desta obra.

Qualidade de vida

Sem assistência da Prefeitura de Itabuna há mais de 20 anos, os moradores do Pedro Jerônimo estão entusiasmados com a execução dos serviços de drenagem pluvial e esgotamento sanitário que estão sendo executados pela Emasa e Prefeitura no local. Ronisvaldo Ribeiro Santos, residente há 25 anos na Av. Pedro Jorge, diz que a obra está sendo uma maravilha. “Graças ao Capitão Azevedo lembraram da gente. Estamos chegando ao paraíso, pois vivíamos dentro da lama, no inferno”, desabafa.

Dona Maria Conceição Santos Ferreira, moradora da casa número 403 na mesma avenida, diz que Azevedo foi um anjo que Deus botou na Prefeitura. “Não votei nele, mas me arrependi, pois com o trabalho que vem desenvolvendo, vai melhorar não só o nosso bairro, mas toda Itabuna”. Sua vizinha, Sandra Alves Silva, também se queixa do abandono do bairro pelos órgãos públicos e elogia o trabalho do prefeito de Itabuna: “Nenhum prefeito olhou para a gente, Azevedo foi o único”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *