INFORME DO SINDICATO DOS RADIALISTAS DE ILHÉUS

STERTDando continuidade ao curso de atualização para radialistas regionais, a Universidade Estadual de Santa Cruz, através da sua Rádio Experimental-Rádio UESC e o Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, realizam neste sábado, 21/11, a partir das 8 h, no pavilhão Adonias Filho, aula sobre Legislação e ética no rádio, que terá como multiplicadores, mestres da área de Comunicação Social especialistas em mídia radiofônica.

O curso teve início no último dia 24/10, com o módulo nº 1 (Atualização em Português); dia 07/11, módulos nº 2 e 3 (Técnicas e textos para o rádio) e no último sábado, 14/11, o módulo nº 4, que abordou o Uso da voz e do som no rádio.

A entrega de certificados será às 19 horas dia 25/11, durante a VII Semana de Comunicação, em solenidade no auditório Jorge Amado, da UESC, e contará com a presença dos alunos do curso de comunicação; da Professora Eliana Albuquerque, coordenadora do Projeto RADCOM; do Magnífico reitor Joaquim Bastos; do Presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, Elias Reis e seus diretores; do Diretor Executivo do Sistema Globo de Rádio – RJ, radialista apresentador do Programa de Rádio QUINTAL DA GLOBO, Marcus Aurélio, além da imprensa regional.

No módulo deste sábado, 21/11, última aula do curso, o tema é bastante interessante e apropriado. Será abordada a legislação do rádio (Lei nº 4/2001), como também a regulamentação do profissional do rádio, através da Lei nº 6.615 e decretos pertinentes e, a ÉTICA NO RÁDIO.

ÉTICA, MORALIZAÇÃO E UNIDADE

A ética não pode ceder lugar a trasgos de baixarias, palavras de duplo sentido, pornografia, procedimentos indignos, ou pérfidos, sórdidos e outras impurezas. O rádio foi programado para educar, e não deseducar. O rádio deve ter uma linha de ação norteadora a todos os que têm compromisso com o microfone. Não só o repórter, o redator, mas principalmente o locutor, deve mensurar o que vai expor aos seus ouvintes. O radialista, seja qual for o seu campo de atuação, tem o dever de cultivar a precisão, a clareza, a objetividade, a seriedade e a responsabilidade.

Hoje o Sindicato está unido e coeso. Hoje na imprensa falada existe unidade.

É na unidade e na participação que buscamos um rádio sério, respeitado e que queremos.

Malthez de Athaíde,

(Presidente da Comissão de Ética – Stert-Ilhéus).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *