O MASCATE E O PURGANTE

Não faz muitos dias, “a esquerda mais à esquerda” do PT de Ilhéus recebeu a visita de um emissário vindo Salvador, que trouxe na mala, uma proposta considerada indecorosa pelos membros da chapa encabeçada pelo serventuário da justiça Makrisi de Ângeli, pretenso presidente do diretório municipal do partido.

Segundo o ultra radical e gente fina Reinan Gomes, o “mascate” ofereceu uma solução intragável, um verdadeiro purgante, pois tentou convencer a chapa para que deixasse de lado suas pretensões (dissolução), passando a apoiar o “cabeça branca” e petista, Mário Amorin, candidato do grupo liderado pelo ex-deputado Josias Gomes.

Ainda segundo Reinan: “o audacioso também propôs que apoiássemos a candidatura de Rosemberg Pinto para deputado estadual. Aí não pode, assim não dá, aí já é demais”, expurgou o camarada Reinan.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *