FUNCIONÁRIO DO COLO-COLO BARRA O BLOG DO GUSMÃO

Este blogueiro foi até o estádio Mário Pessoa, na tarde deste domingo (17), cobrir o jogo Colo-Colo e Bahia, na abertura do baianão 2010.

Como ainda não tenho a carteira da ABCD (associação baiana dos cronistas desportivos), que permite aos profissionais de imprensa dar a velha “carteirada”, fui disposto a pagar o ingresso. Quando cheguei no portão que dá acesso à arquibancada, descobri  que os bilhetes haviam acabado, mas, um segurança que estava na portaria me reconheceu, permitindo minha entrada.

Com o notebook e um modem de internet (Vivo 3 G), busquei ter acesso às cabines de imprensa, como sempre fiz, desde 2007, quando este Blog entrou na rede.

Um funcionário do Colo-Colo, conhecido como “Bisca”, impediu que eu tivesse  acesso ao setor de imprensa, mesmo depois de ter apresentado documentos que comprovam a profissão que exerço.

Não restando o que fazer, voltei ao carro e guardei o equipamento. Retornei ao estádio e fiquei posicionado no alambrado, atrás de muitos, tentando assistir a partida.

Tentei falar com o presidente do sindicato dos radialistas, Elias Reis, mas, ele não pôde ou não quis fazer nada.

Já que este Blog não merece respeito como veículo de comunicação, a partir de hoje, deixarei de postar notícias sobre o “meu querido Colo-Colo”.

O Itabuna Esporte Clube ocupará o espaço ignorado pelo Tigrão.

Infelizmente, o Bahia venceu o jogo por 5 a 1.



8 responses to “FUNCIONÁRIO DO COLO-COLO BARRA O BLOG DO GUSMÃO

  1. Parece brincadeira, com um time ruim, precisando de apoio e os tigrinhos ficam criando problema com quem pode ajudar.
    ]Bisca é nome de vereador, Bisca da Gomeira, vai procurar sua turma e não procure briga com blogueiro.

  2. Gusmão,vc. ,é uma pessoa sábia, vai se incomodar com um cara que se chama BISCA?
    Êle queria era ter uns minutinhos de fama. O nosso time é mais importante…
    Sou sua fã,mereço a sua atenção,Bisca,quem é Bisca para você?

    Por favor continue dando cobertura ao TIGRE.

  3. Caro,
    Emilio Gusmão

    Ocupe seu tempo com coisas mais utéis, que ir assistir peladas no estádio Mário Pessoa.Nem de graça perco meu tempo para assistir peladas, quanto mais ir a trabalho e ser barrado, tentando ajudar!

    Melck Rabelo

  4. Caro Gusmâo,
    se vc deixar de nos informar sobre a atuação do nosso querido Colo-Colo, o tal de bisca ou seria disca…….ganhara(já que o time não ganha).

  5. Caro Gusmão por favor não deiche queUm BISCA da vida atrapalhe seu trabalho, os blogueiro merece ver noticias do Tigre aqui, já basta a midia manipuladora de itabuna que adora meter a bomba no tigre e dar mais espaço a o time papajaca não nos descepcione por Favor abraÇo..

  6. Sem credencial, acho que agiram de forma correta em barrar a entrada. O time só é obrigado a liberar entrada gratuita de pessoas credenciadas. Se for assim o que vai ter de blogueiro entrando de graça não é brincadeira. Não sei se você havia entrado em contato com a direção anteriormente solicitando o acesso, mas caso não o tenha feito não acho que a direção está errada não. Espero que vocês regularizem sua situação para que problemas como estes não voltem a ocorrer. Parabéns pelo blog!

  7. Caro, Gusmão. Com todo o respeito à sua pessoa, e ao excelente trabalho feito em seu blog, tenho que concordar com o que Rafael falou. Se não tem credencial, não pode entrar. Se não tem credencial, não está habilitado para o trabalho, por mais que você tenha competência para fazê-lo. Aposto que você não tentaria entrar em um estádio como Pituaçu e ir para tribuna, tentaria? Não vamos polemizar, pois aposto que se fosse comentado aqui que o próprio funcionário tivesse liberado a entrada em as credenciais necessárias, ele estaria sendo excrachado. A função é “barrar” quem não tem a credencial. Se achou a atitude do funcionário errada, reclame da diretoria ou providencie a mesma. Acho que você não tem o direito de reclamar de um funcionário que estava exercendo seu trabalho.

  8. Explicação.
    Não fui barrado no portão do estádio, e sim, impedido de ter acesso às cabines de imprensa, como sempre fiz desde 2007.
    O funcionário me conhece e sempre demonstrou resistência a mim.
    Já recebi a ligação de um diretor me pedindo desculpas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *