SEM DR. RUY, ENCONTRO DO PV REUNIU 27 PESSOAS

O encontro do Partido Verde realizado na tarde deste sábado (13), em Ilhéus, só não foi um fracasso total devido às visitas de figuras importantes do estado e da região que pertencem à sigla.

O debate primou pela qualidade, deixando a quantidade de lado, sendo que apenas 27 pessoas prestigiaram o evento.

Vale lembrar que das 27 presentes, apenas duas pertencem ao diretório municipal de Ilhéus.

Os deputados federais Luiz Bassuma (pré-candidato ao governo do estado), Edson Duarte (pré-candidato ao senado) e o presidente estadual Ivanilson Gomes tentaram justificar a candidatura própria ao palácio de Ondina, ressaltando a importância da formação de um palanque na Bahia para a senadora Marina Silva, presidenciável do partido. O grupo “melancia”  (vermelho por dentro e verde por fora), ligado ao governador Jaques Wagner, não foi poupado, principalmente o ministro da cultura, Juca Ferreira, chamado por Ivanilson Gomes de ardiloso, mentiroso e “serviçal a serviço do poder”.

Esperançoso, Bassuma garantiu que chegará ao segundo turno e vencerá as eleições deste ano.

Os verdes foram comedidos nas críticas ao médico Ruy Carvalho (outro melancia), classificando-o apenas de incoerente, já que deixou o PT “atirando” em Wagner, para depois defendê-lo, mesmo estando no PV.

O radialista Val Cabral e o vereador Gerson Nascimento, do diretório municipal de Itabuna, marcaram presença e enfatizaram a importância da candidatura de Bassuma.

Dirigentes de partidos “irmãos” (PRB, PTN e PSC) se solidarizaram com o PV de Ilhéus, preenchendo algumas cadeiras na diminuta platéia.

Apesar de reunir poucas pessoas, assuntos importantes foram debatidos, relacionados ao desenvolvimento sustentável e à preservação do meio ambiente.

Veja as fotos.

(mais…)

DEPUTADOS SÃO IMPEDIDOS DE VER O CACIQUE BABAU

Integrantes da comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública e Promoção da Igualdade da Assembléia Legislativa da Bahia (AL-BA), os deputados estaduais Yulo Oiticica (PT) e Bira Coroa (PT), foram impedidos pela polícia federal de visitar o cacique Babau na Superintendência da polícia em Salvador.

Os parlamentares estiveram lá após denuncias internacionais que afirmavam que o índio estava sofrendo torturas na prisão. Babau foi preso por liderar invasões a fazendas na região de Ilhéus.

“Nos sentimos desrespeitados. Vamos ingressar com uma ação na Procuradoria da Assembléia contra a Polícia Federal, pois é um desrespeito à Assembléia. Esta é uma atitude lamentável e arbitrária que desmascara  as ações da Polícia Federal na Bahia. Isso é resquício dos calabouços da ditadura militar. Me sinto envergonhado. Se eles negam a possibilidade de um parlamentar ver Babau atestam que ele é um preso político. Isso é uma represália por conta das denúncias de tortura”, protestou Yulo.

NOVENA DE SÃO JOSÉ ATRAI MILHARES DE PESSOAS

O novenário para a festa de São José em Itabuna vem atraindo milhares de fieis à Catedral de São José.

O tema central da novena é “Itabuna: 100 Anos Sob a Proteção de São José”, onde são apresentados, todas as noites, fragmentos da história da cidade e a contribuição da igreja no desenvolvimento de Itabuna.

A festa de São José será no dia 19 de março e contará com a alvorada festiva, a celebração de três missas e por fim o sorteio de um caminhão de prêmios em prol da reforma da igreja.

FOI BOM, MAS FOI RUIM

Por Daniel Thame.

Quem assistiu ao Jornal Nacional da última quinta-feira deve ter ficado sem entender o contorcionismo para tentar transformar uma notícia evidentemente boa, a retração do PIB brasileiro em apenas 0,21% em 2009, ocorrido em meio a maior crise do capitalismo em quase um século, em algo não tão bom assim.

Em meio a números expressivos no último trimestre de 2009, com a recuperação da indústria e da agricultura e a expansão do comércio, serviços e construção civil, foi feita exposição de percentuais negativos propositadamente fora de contexto. A um economista respeitado que previu crescimento robusto em 2010, contrapôs-se o inevitável senador José Agripino Maia, do DEM, que obviamente viu o apocalipse na economia brasileira.

Diante de números que apontam que o Brasil sentiu menos os impactos da crise do que potências econômicas como os EUA, Alemanha, Itália, Japão e França, que tiveram quedas expressivas, o JN forçou uma comparação quase hilária com republiquetas como Panamá e Honduras, onde a produção de alguns cachos de bananas a mais já provoca a elevação do PIB.

(mais…)

FUNCIONÁRIOS DO HBLEM RECEBERÃO EM DIA

Foi efetuado na quinta-feira (11) o pagamento dos funcionários do Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães, correspondente ao mês de fevereiro.

A regularização dos salários até julho foi prevista por um acordo feito entre a prefeitura de Itabuna e o Sindicato dos Servidores Municipais de Itabuna (Sindserv). A entrega do dinheiro ocorrerá inicialmente em dois lotes e a partir de julho, os depósitos serão efetuados até o quinto dia útil do mês.

“Os trabalhadores do Hblem terão um calendário com a previsão dos pagamentos para todo o ano, o que consideramos uma grande vitória”, disse a presidente do Sindserv, Karla Lúcia Oliveira.

BÊBADO FOI ATROPELADO E NINGUÉM PERCEBEU

Na última quata-feira (10), por volta das 13:00 horas, um bêbado conhecido por Filó foi atropelado próximo ao Centro Comercial de Itabuna, acompanhado de um fiel amigo também sob o efeito crônico do corote. O ébrio acidentado ficou agonizando por longos 30 minutos numa via movimentada em horário de pico, chorando e se contorcendo junto ao meio-fio e ninguém lhe dava importância.

Os transeuntes pensavam que ele tinha caído de bêbado, porém, o coitado foi agredido por um Corsa bege, que “vazou”, sem prestar socorro, deixando pra trás o retrovisor como prova. O sangue no chão e a perna contorcida também reforçavam a veracidade do acontecimento. Foi quando um rapaz se compadeceu com a cena e enxergou o homem, quase invisível, e ligou de imediato para o SAMU. Após a chegada do 192, só então começou a juntar gente curiosa ao redor.

A viatura do SAMU chegou rapidamente no local trazendo o socorrista que começou a colher os dados da vítima. Ao indagar sobre a quantidade de álcool ingerida, ouviu essa resposta, daquele jeito cantado:

– “Bibi sim, sinhô! Mar num caí de bebo não! O carro passô por cima de minha perna e nem olhou pra trás. Bebum também é gente, gente! ”