ASSASSINOS DO DELEGADO NÃO TEM VINCULAÇÃO COM O TRÁFICO DE DROGAS EM CAMAÇARI

Magno de Menezes, Rinaldo Valença e Edson Cordeiro, tidos pela polícia como os assassinos do delegado Clayton Leão.

O delegado-geral da polícia civil, Joselito Bispo, afirma que a morte do delegado Clayton Leão não foi um crime encomendado, e sim, assalto seguido de morte (latrocínio).

Ouça a matéria da AGECOM sobre a prisão dos envolvidos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *