JUSTIÇA SUSPENDE PORTARIA QUE VISAVA MUDAR A JORNADA DA POLÍCIA CIVIL

Foi proferida na última quinta-feira (28) a decisão da juíza Lisbete Cezar Santos, da 7ª Vara de Fazenda Pública de Salvador, que acolheu pedido em Mandado de Segurança, cujo objeto foi a suspensão dos efeitos de Portaria expedida pelo Delegado Geral da Polícia Civil Baiana, Joselito Bispo.

Na decisão Lisbete alegou que a Portaria suspensa não preencheu os requisitos de razoabilidade, essenciais à sua validade e eficácia. Também foi fundamentado na decisão que a nova jornada pretendida põe em risco a saúde dos servidores, em razão do intervalo para descanso interjornadas ter sido reduzido.

O Sindpoc parabeniza a juíza pela decisão favorável à categoria, que seria a principal prejudicada com a mudança da jornada de trabalho. “Essa decisão é mais uma de nossas vitórias – sindicato e categoria – que através de muita resistência e confiante na justiça da Bahia e do Brasil pode agora ver os direitos dos trabalhadores serem respeitados”, enfatiza o presidente do Sindpoc, Marcos Maurício.

CAIU A FICHA DOS “VELOSO”

A inexistência de propagandas sobre o candidato a governador, Geddel Vieira Lima (PMDB), pelos candidatos a deputado estadual e federal, Márcio e Raymundo Veloso, foi questionada no Blog do Gusmão em postagens anteriores. Aparentemente, a ficha dos “Veloso” caiu, e eles decidiram se pronunciar a favor de Geddel.

Em nota, os “Veloso” afirmaram que variados eventos em Ilhéus serão realizados, como carreatas, caminhadas e visitas as comunidades, a fim de promover a campanha do colega de partido. Raymundo ainda disse que pretende intensificar as propagandas.

“Estamos começando uma fase agressiva de divulgação visual do nosso candidato e vamos partir para o diálogo com a população mostrando as ações de Geddel e a sua capacidade de fazer muito mais”, disse Veloso.

CENSURA AO ESTADÃO COMPLETA UM ANO

Do Comunique-se.

Neste sábado (31), a censura imposta ao Estadão completa um ano, sem perspectivas de solução. A ação judicial, aberta pelo empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), proíbe o jornal de publicar informações sobre a Operação Faktor, conhecida como Boi Barrica, da Polícia Federal, sob pena de multa de R$ 150 mil em caso de descumprimento.

“É essencial para a democracia uma imprensa livre para publicar TUDO – e responder e se responsabilizar pelo que publicou, arcar a posteriori pelo que publicou, mas nunca sendo impedida a priori. Isso é censura prévia”, diz o diretor de conteúdo do Estadão, Ricardo Gandour.

Em dezembro do ano passado, após a decisão ser criticada por diversas entidades ligadas ao jornalismo, juristas e políticos, Fernando Sarney resolveu desistir da ação, mas o Grupo Estado não aceitou.

“O jornal considera que este caso é de importância vital para toda a imprensa, e não apenas para o Grupo Estado. Foi por isso que, quando o empresário Fernando Sarney entrou com pedido de desistência da ação, o jornal não aceitou, preferindo que a Justiça se pronunciasse sobre o mérito, sobre a essência da ação – o que até agora não ocorreu”, explica Gandour.

De acordo com o diretor, mesmo tendo passado um ano da decisão e aparentemente ela ter caído no esquecimento, “sempre que se toca no assunto percebe-se que ele está vivo na preocupação das pessoas”. Gandour não esperava que a censura durasse tanto tempo e espera por uma solução.

“Temos feito tudo o que está ao nosso alcance e a decisão está nas mãos da Justiça”, afirma.

POLÍCIA APREENDE 362 GRAMAS DE CRACK NO MAMBAPE

A polícia militar de Ilhéus recebeu no dia de ontem (quinta-feira/29), uma denúncia sobre a chegada de um carregamento de armas no Alto da Bela Vista (Mambape), zona sul da cidade.

Ao chegar na casa denunciada, o PMs encontraram 362 gramas de crack, 01 pistola nº 45, 07 balas, 01 balança eletrônica, 03 celulares, 01 playstation II e 01 faca Tramontina.

Um mulher de 19 anos, conhecida como Taiane, estava na casa no momento da abordagem policial e foi presa em flagrante.

PREFEITURA EXPLICA CASO DA PROFESSORA DO “MEGA HAIR”

Segundo a assessoria de comunicação social da prefeitura de Ilhéus, a secretaria de educação afastou a professora do 2º ano fundamental, da escola do bairro Nossa Senhora da Vitória, acusada de cortar o cabelo de seis alunas, crianças, com o objetivo de acumular mechas para fazer o método de implante “mega hair”.

A “educadora” foi contratada através de uma seleção simplificada ocorrida no início deste ano, sendo assim, não compõe o quadro de servidores efetivos do município.

A secretaria apurou o caso, através de fotos e depoimentos dos pais e das próprias crianças. Ela cortava o cabelo das meninas rente ao couro capilar, deixando buracos. Alegava que estava retirando pedaços de chiclete.

O caso agora é de responsabilidade da polícia, afirmou a assessoria de comunicação. Este blog tem a identificação da professora, mas em respeito à categoria, tão desrespeitada e pessimamente remunerada, não divulgaremos o nome.

CASADOS I…RESPONSÁVEIS MARCA FESTA DO CENTENÁRIO DE ITABUNA

A inauguração das obras de revitalização da Avenida Cinqüentenário, em Itabuna, no último dia 28, foi marcada pela alegria do desfile do bloco Casados I…Responsáveis.

A presença do bloco nas comemorações do centenário fez parte do projeto “100 anos em 40”, que visou antecipar os 100 anos do bloco.

Cerca de 400 pessoas participaram do desfile, entre integrantes históricos e convidados.

“É uma alegria estar aqui, fazendo parte da história de Itabuna, num bloco que é um patrimônio da cidade”, afirmou o jornalista Eduardo Anunciação, integrante do Casados desde a sua fundação.

Além do desfile, o Casados I…Responsáveis realizou durante todo o mês de junho, na Galeria Valter Moreira, na praça Olinto Leone, a exposição “100 anos em 40”, com aproximadamente 500 fotos e painéis que retratam a história e relembram os personagens marcantes do bloco.

POLÍCIA CIVIL GANHA NOVA FROTA

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) entrega hoje (30), às 10 horas, no Centro Administrativo da Bahia, 45 motocicletas e quatro carros-presídio novos para a Polícia Civil. O investimento faz parte do Plano Estadual de Segurança Pública, que tem como prioridade a renovação das frotas policiais.

Os veículos serão utilizados nos serviços de investigação e no transporte de presos para delegacias e unidades prisionais.

TRE DO MATO GROSSO DO SUL PROÍBE JORNALISTA DE PUBLICAR MATÉRIAS SOBRE SENADOR

Do Comunique-se.

O Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul proibiu o jornalista Nilson Pereira de publicar matérias sobre o senador Delcídio do Amaral (PT). Caso descumpra a decisão do TRE, Pereira terá que pagar multa diária de R$ 10 mil.

O jornalista afirma que vai recorrer da decisão, pois considera que tudo o que divulga em seu blog e no Twitter são informações verídicas e de interesse do eleitor. Ele também disse que nunca ofendeu a honra do senador e de nenhuma outra pessoa.

“Não posso falar coisas que eu sei sobre o Delcídio, espero que se faça justiça”, diz Pereira.

(mais…)

PERSONAGEM DE FICÇÃO

Por Elias Reis.

“Sem sombra de dúvida foi o intendente Mário Pessoa o pioneiro na previsão da vocação turística de Ilhéus e, por certo, o primeiro a expressar a sua certeza em legislação, quando, pela Lei 327, de 2 de março de 1927, foi autorizado a entender-se com o presidente da “Rádio Sociedade”, com sede na capital do Estado, “para a instalação de um serviço de Radiofonia, com estações receptoras e transmissoras em Ilhéus, a fim de divulgar as ocorrências mundiais de interesse público”, ou ainda pelas Leis 328, também de 2 de março de 1927 e 1º de junho do mesmo ano, quando concedia “isenção de todos os impostos municipais pelo espaço de dez anos, exceto as taxas de esgoto e lixo, aquele que, por si ou empresa que organizar, vier estabelecer nesta cidade um Hotel de Primeira Ordem, instalado em prédio amplo, elegante e especialmente destinado a este fim, dispondo de instalações que a intendência exigir, segundo o plano mais aconselhável sob o ponto de vista arquitetônico e higiênico, inclusive canalização d’água em todas as dependência, telefonia e elevador.

Pela Lei 329 ficou determinada a ampliação da isenção de impostos dos prédios que se edificaram “na área de acrescidos da marinha, utilizada pela Companhia Industrial de Ilhéus e compreendida no perímetro central, com três ou mais andares que providos de elevador elétrico, etc.”

(mais…)

O CANDIDATO QUE NÃO TEM CRÉDITOS NO CELULAR

O celular de Jorge Farias, candidato a deputado estadual, só faz ligações a cobrar.

A situação de Jorge Farias, presidente do PSDC de Ilhéus, e candidato a deputado estadual, perante os seus companheiros de partido não é nada fácil.

Os vereadores e parceiros de sigla, Bel do Vilela e Dinho Gás, resistem bravamente em lhe conceder apoio, já que perceberam que Jorge “não vai pra lugar nenhum”.

Semana passada, durante uma calorosa discussão que debateu o apoio ao candidato franco atirador, Dinho Gás teria dado uma sonora bronca no seu presidente: “Jorge meu amigo! Como você quer ser candidato, se nem crédito o seu celular tem? Jorge, como você vai ligar paras as lideranças? De que jeito? Desista Jorge, desista!”