PAULO ROGÉRIO ARGOLLO “UM HOMEM DE VISÃO”

Por Paulo Roberto para o R2CPRESS.

O radialista Paulo Rogério Argollo, foi pai de cinco filhos e ficou cego aos 10 anos, mas nunca se entregou a nenhum tipo de dificuldade que a vida lhe apresentou e sempre foi um vencedor. Rogério como era chamado carinhosamente pelos pais e irmãos, começou a trabalhar aos 12 anos como vendedor de enciclopédia.

Apaixonado por esporte, torcedor doente do Esporte Clube Bahia, acompanhava todos os jogos com seu radinho de pilha. Paulo Rogério acompanhou várias Copas do Mundo pelo rádio, foi judoca, faixa marron e dava aulas de judô no Instituto de Cegos da Bahia. Paulo foi bi campeão brasileiro de Xadrez jogando contra pessoas que enxergava.

Trabalhou na Rádio Sociedade da Bahia na época da ditadura, quando teve que se afastar do rádio por causa dos sensores. Em 1986 Paulo Rogério se mudou com toda sua família para Itabuna, quando teve a oportunidade de voltar para o rádio, trabalhando nas Rádios Jornal e Difusora em Itabuna e também foi diretor da Rádio Santa Cruz de Ilhéus em 1990 e da Rádio Jacarandá em 1991 e da Rádio Mundai FM de Eunápolis em 1993.

O Programa Paulo Rogério bateu todos os recordes de audiência por onde passou e era conhecido como o Jornalismo Verdade. Em 1989 chefiou a equipe de esporte da Rádio Jornal de Itabuna na transmissão da Copa América realizada em Salvador.

Fora do rádio foi candidato a vereador em Eunápolis em 1992 e em Ilhéus quatro anos mais tarde, mas não conseguiu se eleger. Seu slogan era muito criativo, apesar de não enxergar, Paulo Rogério se intitulava “Um Homem de Visão.

Paulo Rogério passou também pela Rádio Cultura e Rádio Novo Tempo de Ilhéus em 1995. Em 1997 voltou para Eunápolis onde ficou até 2002, quando faleceu em virtude de uma parada cardiorespiratoria e nesta época estava trabalhando na Rádio Jacarandá de Eunápolis.

Seu braço direito durante toda vida foi sua esposa Gracinha, que sempre acompanhou Paulo em todos os momentos da sua vida pessoal e profissional. A sua família foi sempre o seu sustentáculo e o motivo de tanta garra e determinação.

Antes do seu falecimento amputou parte da sua perna direita, mas mesmo assim continuou a trabalhar e sustentar a sua família. Por conta desta amputação, Paulo Rogério gravou um cd intitulado “A Arte de Viver”, com poesias, poemas e crônicas para comprar uma prótese articulada, fato que acabou não acontecendo.

No ultimo dia 28 de abril deste ano completou oito anos sem o mais iluminado e inteligente radialista que eu pude conhecer. Ele foi uma pessoa fantástica. Além de bom pai, ele foi e sempre será o meu amigo, meu companheiro e meu parceiro eterno. “Pai jamais te esquecerei”.

“Há homens que lutam um dia, e são bons;
Há outros que lutam um ano, e são melhores;
Há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons;
Porém há os que lutam toda a vida
Estes são os imprescindíveis”

PAULO ROGÉRIO ERA IMPRESCINDÍVEL

IN MEMORIAN



3 responses to “PAULO ROGÉRIO ARGOLLO “UM HOMEM DE VISÃO”

  1. Um dia deste li algo que dizia:

    “Uma pessoa só morre quando a ultima pessoa que a conheceu deixa de falar dela…”
    Angela – Ativista do Movimento das Pessoas com Deficiencia.

  2. Caro Emílio,

    No início, bem no início da década de 90, quando repórter da TV Santa Cruz, tive o prazer de conhecer e compartilhar a cobertura de alguns acontecimentos do sul da Bahia com Paulo Rogério e sua inseparável companheira Gracinha.
    Sagaz e extremamente atendo ao desenrolar dos fatos, Paulo Rogério relatava e opinava sobre os assuntos que apurava com palavras precisas, através de um discurso coerente e repleto de conteúdo. Sincero, gentil, dono de um bom-humor surpreendente, com ele aprendi que viver vale a pena, mesmo que provisoriamente nos fuja a sensibilidade de um sentido ou nos acerque qualquer outro tipo de limitação.
    Ao lembrar de Paulo Rogério no desempenho do seu ofício, ainda reverberam na minha memória as palavras com as quais começava sua locução nas rádios por onde passou: “Eu agora vou fazer o que gosto para quem gosta do que eu faço”…
    Que Deus ilumine o espírito de Paulo Rogério e São Jorge marche ao nosso lado ao longo dos caminhos cotidianos.
    Um grande abraço,

    Dirceu Góes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *