ESTRUTURAÇÃO DA PESCA ARTESANAL NO “VELHO CHICO”

Foi assinado dia 22 de agosto, no auditório da Seagri, em Salvador, um convênio para viabilizar o projeto de estruturação da pesca artesanal na bacia hidrográfica do São Francisco.

O documento que destina 1,7 milhão de reais à região, foi assinado pelo secretário estadual da agricultura, Eduardo Salles, o diretor-presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli e pelo presidente da Federação dos Pescadores e Aquicultores.

Foi firmado também um acordo para a realização dos Encontros Regionais dos Pescadores na Bahia. “Com a assinatura dos convênios incentivaremos a organização social da classe em todo o estado e melhorias nas condições de trabalho do pescador artesanal”, explica o presidente da Bahia Pesca, Isaac Albagli.

Serão beneficiados cerca de 2,5 mil pescadores dos municípios de Barra, Barreiras, Carinhanha, Casa Nova, Cotegipe, Curaçá, Glória, Ibotirama, Bom Jesus da Lapa, Morpará, Muquém de São Francisco, Paratinga, Pilão Arcado, Riachão das Neves, Sento Sé, Sobradinho e Xique-Xique.

O projeto vai auxiliar também a meta da Bahia Pesca de equilibrar a relação entre a oferta e demanda de pescado na Bahia. “Produzimos 80 mil toneladas por ano de pescado, e consumimos 120 mil toneladas. Temos total condição de suprir nossa demanda, basta criar a infraestrutura necessária para que nossos pescadores realizem suas atividades de forma satisfatória. O segredo para o sucesso é melhorar o escoamento da produção e a logística”, diz o Secretário de Agricultura, Eduardo Salles.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *