A ESTÓRIA DO PÃO COM MARGARINA

Nas eleições de 2008, a campanha do então candidato a prefeito de Ilhéus pelo PT, Ruy Carvalho, fez uma caminhada no distrito do Banco do Pedro, com a presença de correligionários e do candidato a vice, Joabs Ribeiro.

Um proprietário de uma humilde padaria, ao ver a movimentação, entrou na caminhada com o objetivo de convidar seu ídolo, Jabes Ribeiro, para comer pães, recém saídos do forno. Como não o encontrou, fez o convite a Ruy e Joabs.

Colocou os pães “quentinhos” em cima de um prato e pediu à sua esposa que providenciasse um pote de margarina.

Foi aí que Ruy Carvalho avisou: “só como pão com manteiga”.

Descabriado, ao perceber que faltava o complemento solicitado, o comerciante disse: “então fica pra outra vez, pois estou sem manteiga”.

Ruy saiu sem comer do pão. Um observador que assistiu a cena, lembrou: “se Jabes estivesse aqui, comeria o pão seco ou com margarina. Melhor ainda, se não tivesse o pão, ele comeria a margarina pura”.

Coisas da vida, normais na política.



6 responses to “A ESTÓRIA DO PÃO COM MARGARINA

  1. Gusmão, Jabes Ribeiro comeu foi o futuro de Ilhéus! Estamos neste marasmo, e nadando na incerteza da falta de planejamento por culpa dele, que se preocupou com seus próprios interesses e esqueceu do compromisso com o povo. Foram 3 mandatos e ainda quer voltar, como se tivesse autoridade moral e política para dizer que sabe resolver. Ao invés de margarina ele deveria tomar litros de óleo de peroba, para continuar com a face lustrada.

  2. Que Jabes Ribeiro cometeu erros, isto ninguém pode negar.
    Também ninguém pode negar que ele foi um excelente Prefeito e transformou a nossa Cidade.
    Já no fim do seu mandatro pecou, e seu maior pecado foi, de alguma forma, ter contribuido para a volta de Antonio Olimpio, que no seu segundo mandato foi o pior Prefeito que Ilhéus já teve.
    Já Jabes, no seu segundo mandato, foi o maior Prefeito que Ilhéus já teve.

  3. Pura inveja do pessoal sem votos pois é inegável a contribuição de Jabes ao desenvolvimento de Ilhéus em todas as áreas entre outras ações lembro o Teatro Municipal, Casa Jorge Amado, Biblioteca Pública, Bataclã, Academia de Letras, Circo Folias da Gabriela, Memorial da Cultura Negra, Concha , Centro de Convenções, Passarela do S. Miguel, Pavimentação de 80% das ruas de Ilhéus. Centenas de salas de aula, dezenas de Postos Médicos, Central de Abasztecimento da Urbis, LitorâNEA do Malhado e Área Norte, Reforma e ampliação do Mario Pessoa, dezenas de Quadras Esportivas Maramata, Praças, Viva O Morro etc… Quer mais? O tal do Jabes é o cara.

  4. pois é, Bispo!! fora do governo de Jabes qual grande obra foi realizada em Ilhéus? Não foi perfeito, teve seus pecados, mas Jabes foi quem mais contribuiu para uma Ilhéus melhor…. Espera-se pelo dia em que essa cidade encontre alguém que a ame como Jorge Amado!!!

  5. se jabes comeu o futuro de ilheus, o que podemos falar sobre os atuais gestores?
    o futuro de ilheus está condenado por culpa de uma sociedade careta, mesquinha, retrograda. Que vive presa a um passado mediocre de uma monocultura falida.
    e jabes queiram ou não foi o melhor gestor dos ultimos tempos. O pouco que tem em ilhéus; foi Jabes que fez!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *