SERVIDORES DA SAS AGUARDAM SALÁRIOS

Texto baseado em um e-mail recebido pelo Blog do Gusmão.

Depois das denúncias contra o secretário afastado, Augusto Macedo, o problema que se instala agora na secretaria de ação social de Ilhéus é o atraso dos salários dos servidores.

Ao procurar esclarecimentos na secretaria, a informação recebida é que não há previsão para quitar o pagamento.  Segundo o autor, a verba do governo federal destinada aos programas sociais, como Bolsa Família, Peti, Projovem, e que custeia também os salários, nunca atrasa. “Chega na conta da prefeitura no dia 20 de cada mês”, garante o leitor.

Os funcionários estão insatisfeitos também, pelo não recebimento do vale-transporte. Em um ano, saíram vales equivalentes a dois meses.

OS CAMPEÕES DE ATESTADOS MÉDICOS

A secretaria de saúde de Ilhéus, na última terça-feira (30), promoveu uma reunião no auditório da Justiça Federal, para explicar o plano emergencial de combate à dengue.

Diversos profissionais de imprensa participaram do evento, que contou com a presença do prefeito Newton Lima.

Quando a mesa abriu espaço para indagações, o radialista Vila Nova perguntou ao  chefe do executivo sobre o número alto de atestados médicos, apresentados pelos agentes de endemias, emitidos em sua maioria por um grupo pequeno de “homens de branco”.

O apresentador citou os ortopedistas Jorge Matos e Mário Alexandre (vice-prefeito de Ilhéus) como os campeões de atestados.

A pergunta soou como uma bomba, e, pelo que tudo indica, vai acionar a direção do Conselho Regional de Medicina (CREMEB) para que faça uma investigação.

Ah sim! Newton Lima ficou de tomar providências.

“A PREFERÊNCIA É MINHA”, AFIRMA AUGUSTO CASTRO

Augusto Castro: o dono da "preferência".

Em conversa com este blog hoje pela manhã, o deputado estadual eleito, Augusto Castro (PSDB), afirmou que não quer tirar o vice-prefeito, Mário Alexandre, do “ninho tucano” de Ilhéus.

Entretanto, Castro salientou que a direção estadual deu a ele, a preferência pelo controle do diretório local.  “Precisamos reestruturar o partido. Alguns nomes de Ilhéus apoiaram a candidatura de Wagner. Mário Alexandre representa bem o partido, por isso, queremos que ele permaneça, mas alguns companheiros que ajudaram na minha eleição, precisam ocupar espaços no diretório”.

Nos próximos dias, o novo deputado fará uma visita ao vice, para trocar idéias sobre a nova conjuntura.

Nossa opinião.

Na política não há espaços para abestalhados. Ninguém, absolutamente ninguém, está disposto a comer “as farofas” de Marão, que fingiu ser da oposição, mas fomentou a campanha da mãe, que simulou ser governista.

Ângela e Marão são escorregadios, desconhecem o ditado de que na política “é necessário ter lado”. Ambos caminham para o descrédito total, já que não inspiram confiança.

Essa análise pode ser corroborada pelos deputados Geraldo Simões, Felix Mendonça, Fábio Souto. Os três não economizam críticas ao oportunismo do grupo da “irmã”.

CANOA FURADA

Os dois vereadores do PP de Ilhéus (Gurita e Valmir de Inema) não estão dispostos a continuar na “canoa furada” do presidente da câmara, Jailson “Sarney” Nascimento, no que diz respeito à eleição da nova mesa diretora.

“Sarney” apoiou a deputada estadual Ângela Sousa nas últimas eleições. A parlamentar é adversária ferrenha do secretário estadual do PP, Jabes Ribeiro. Além do mais, os “pepistas” afirmam que “Sarney” é guloso, só pensa em si. Muitos compromissos assumidos com os dois vereadores “progressistas” foram esquecidos.

Valmir de Inema (PP) já anunciou a sua candidatura, sinal de que a canoa de “Sarney” está à deriva.

NEWTON NO TCM CAMINHA PARA O “TETRA”

O que é isso, "companheiro"?

Uma fonte do Blog do Gusmão bem relacionada no TCM informa que as contas do prefeito Newton Lima, relacionadas a este ano que se encerra, provavelmente também serão reprovadas.

O alcaide ilheense acumula três reprovações (2007, 2008 e 2009) e,  graças à desorganização do seu governo, tudo indica que chegará ao quarto parecer contrário.

A atual gestão não gosta de licitações, substituídas, quase sempre, por contratos irregulares que carecem de requisitos mínimos, como notas fiscais. Recibos emitidos por terceiros, por incrível que pareça, constitui uma prática comum nos processos de pagamento.

Vale lembrar que o governo tem um Controlador Geral, o advogado Edson Silva, conhecido como “companheiro”.

Levando em consideração o histórico apresentado junto ao tribunal, ficamos em dúvida se é um “companheiro” do TCM ou do prefeito.

É HORA DE LEGALIZAR?

Por Leonardo Attuch.

Como todas as guerras, a do Rio de Janeiro é também econômica. Durante décadas, os governantes conduziram uma política de boa vizinhança com os criminosos. O passo seguinte foi a transformação das autoridades em sócios informais do crime. As explosões de violência eram pontuais. Em geral, estavam mais ligadas a guerras internas de traficantes pelo domínio de bocas de fumo do que a confrontos com policiais. Uma disputa territorial, com foco na conquista de mercados.

Com o passar dos anos, esse negócio foi se sofisticando. Passou a utilizar armas poderosas e a movimentar cifras bilionárias, que vão além do comércio local de drogas. O Rio se transformou num entreposto do tráfico internacional, comandado a partir das favelas. Nesse modelo perverso, a maior vítima era a população trabalhadora dos morros. Gente alvejada pelo fogo cruzado e morta “em combate” nas subidas das tropas de elite. Enquanto os consumidores continuavam enrolando em paz seus baseados, os policiais corruptos faziam seu pé-de-meia protegendo bandidos e liberando usuários endinheirados. Capitães Nascimento reais, se existem, colocavam a vida em risco a troco de nada.

(mais…)

BRASILEIRO VAI TRABALHAR MAIS PARA SE APOSENTAR

O instituto brasileiro de geografia e estatística (IBGE) divulgou ontem (quarta-feira/01), a nova expectativa de vida da população. Em 1980 a esperança de vida das mulheres era de 65,75 anos e em 2009 passou para 77,01 anos. Já os homens viram sua expectativa de vida avançar de 59,66 anos para 69,42 anos no mesmo período.

Devido a essa nova realidade, os brasileiros precisarão aumentar o tempo de recolhimento ao instituto nacional do seguro social (INSS) para garantir a aposentadoria. Essa mudança no cálculo é uma exigência da Lei 9.876, de 1999, a qual vinculou o fator previdenciário à divulgação anual das novas tábuas de expectativa de vida pelo IBGE.

Como exemplo, um segurado com 55 anos de idade e 35 anos de contribuição ao INSS que ingressar hoje com o pedido de aposentadoria terá que contribuir por mais 41 dias corridos para garantir o mesmo valor que receberia se tivesse feito a requisição ontem. Em outra hipótese, considerando um segurado com 60 anos de idade e 35 anos de contribuição, serão necessários mais 48 dias corridos de contribuição.

Com informações do Estadão.

“O PROBLEMA É GARANTIR O EMPREGUINHO DO JEGUE”, DIZ LULA SOBRE NORDESTE

Com informações do G1.

O Presidente Lula falou ontem (quarta-feira/01), durante a cerimônia do prêmio nacional de desenvolvimento regional, sobre a melhoria da distribuição de renda e o crescimento econômico das regiões mais pobres do país.

Sobre o Nordeste, o presidente falou em tom de brincadeira, que o problema sério na região, é “garantir o empreguinho do jegue”. “Hoje você vai para o Nordeste e percebe que há uma mudança. Nós estamos com um problema sério: garantir o empreguinho do jegue, porque as pessoas estão trocando jegue por motocicleta. É só ir ao Nordeste para ver. Logo, logo, vai ter uma passeata de jegue aqui, pedindo para que a gente interceda para que eles voltem a ter alguma utilidade”, afirmou Lula.

Lula lembrou ainda, sobre as acusações que sofreu durante a campanha eleitoral, de que estaria criando “um país de pobres e ricos”. O presidente defendeu a distribuição de renda como forma de impedir que o Brasil venha a se tornar “um país capenga”. Em relação à educação, afirmou que “neste país, não estuda quem não quer, porque agora o governo garante crédito e fiador para esse estudante estudar”.