O XERIFÃO JÁ ERA! QUEM MANDA É BAHIA

Valentia não adianta. O que vale é a grana.

Foi-se o tempo em que o “valentão” Carlos Freitas era o homem forte do governo Newton Lima.

Os atos truculentos (muitas vezes ilegais) cometidos por Freitas, diante do olhar complacente do prefeito, não são nada diante do poderio de Jorge Bahia, o homem dinheiro.

Todos os dias, os secretários fazem fila no gabinete de Bahia, para pedir autorização sobre planos de gastos. Uma frase é comum entre todos: “Falar com o prefeito não resolve. O bom mesmo é falar com Bahia, pois é ele quem paga”.

O próprio Freitas sempre está na espera, tentando liberar compras de materiais para a sua secretaria, bem como, o pagamento de empreiteiros amigos. Sem isso o “xerifão” não sobrevive, não consegue trabalhar.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *