ILHÉUS: OPERAÇÃO “VASSOURA DE BRUXA” ESPALHA MEDO ENTRE POLÍTICOS

A Polícia Federal ouviu e indiciou algumas pessoas que fazem parte do governo Newton Lima, em Ilhéus, incluindo o prefeito, secretários e ex-membros do primeiro escalão.

A iniciativa da PF faz parte da “operação vassoura de bruxa” que investiga a possível formação de uma quadrilha, que estaria atuando na viabilização de licitações e contratos irregulares.

Até agora foram ouvidos: o prefeito Newton Lima, o secretário de governo Alcides Kruschewsky, o secretário de serviços urbanos Carlos Freitas, a diretora financeira da secretaria de saúde Petruska Ferraz, os ex-secretários Sebastião Maciel (educação), Ivanilton Lima (ação social), José Eduardo Salomão (saúde) e outros. Também foram chamados alguns secretários da gestão Valderico Reis e a ex-primeira-dama Fátima Reis.

Compra de carteiras escolares, postes para fiação elétrica, paralelepípedos, contratos irregulares de empresas que fazem transporte de estudantes e diversas outras “modalidades” estão na mira da PF, que na sua devassa investiga assuntos da administração pública ilheense entre 2005 a 2008.

O jogo é bruto e o medo está espalhado. Um dos ouvidos ficou perplexo diante da seguinte pergunta feita por uma delegada:

“Seus familiares viverão de quê caso o senhor seja condenado e preso?”



3 responses to “ILHÉUS: OPERAÇÃO “VASSOURA DE BRUXA” ESPALHA MEDO ENTRE POLÍTICOS

  1. Gusmão o primeira a ser ouvido pela Plicia Federal deveria ser o atual Secretario da Fazenda do Muncípio Jorge Augusto Bahia referente a compra dos computadores com o dinheiro do governo Federal, vinculado a secretaria de assistencia social e trabalha, aonde ele mandava no ex secretário que promete abrir todo o jogo se a policia federal lhe convocar

  2. Bem disse o bloqueiro Guy Valério, a Polícia Federal não falha!Vai cair muito peixe grande na rede. Vai faltar pulseiras de aço, para colocar em tantos braços que meteram as mãos e pés no dinheiro público como se fossem eles, os donos das verbas federais enviadas ao município.
    Num levo cigarros para ninguém na carceragem da PF!
    Este natal, num vai ter peru assado, nem 13º e 14º salário, tem gente já preparando as malas para quado a PF, chegar ta de malas prontas.
    Kalif Rabelo

  3. QUEREMOS QUE A POLICIA FEDERAL INVESTIGUE O DESVIO DO DINHEIRO DE NOSSO 13º SALÁRIO , DOS CONTRATADOS DA PREFEITURA, E COLOQUE ESSE COME COME DA ESTRELA NA CADEIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *