“SARNEY” NÃO SABE O HINO NACIONAL

Jailson “Sarney” Nascimento, presidente do legislativo ilheense, estava muitíssimo alegre na tarde dessa sexta-feira (17), quando foi visto no Cafezinho de Conceição, em frente ao Teatro Municipal.

Na última quarta-feira (15), ao perceber que o vereador Alisson Mendonça não estava no plenário, ele antecipou a votação que escolheu o seu substituto, passando por cima do rito da casa.

Tradicionalmente, o Hino Nacional é tocado antes. Neste dia, Sarney entrou rapidamente sem dar boa tarde, e ao identificar os candidatos à presidência da mesa, mandou que uma servidora distribuísse rapidamente as cédulas.

Quando os trabalhos legislativos são iniciados, a ata da sessão anterior é apreciada pelos vereadores. Para acelerar sua manobra, nem isso ele fez.

O processo foi relâmpago, vencendo o candidato de “Sarney” (Dinho Gás) por 7 a 5.

Perguntado por um curioso sobre os motivos para não ter tocado o hino, Sarney abriu um sorriso e respondeu: “pra quê hino? Eu nem sei a letra direito!”

No final da sessão, com o plenário quase esvaziado, o “ouviram do Ipiranga” foi executado.



3 responses to ““SARNEY” NÃO SABE O HINO NACIONAL

  1. O rito é: leitura da ata da sessão anterior, discussão e votação da mesma, leitura do expediente do dia, abertura do pequeno expediente, abertura do grande expediente e votação das proposições e logo depois a votação da mesa diretora, qualquer inverção deste procedimento requer aprovação do plenário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *