O TENENTE QUE BATE NA CARA

Um tenente da Polícia Militar, conhecido como Kalil, lotado em Ipiaú, tem recebido diversas críticas, devido ao uso desproporcional que costuma fazer de sua força e autoridade.

Segundo relatos, o oficial é viciado em bater no rosto das pessoas que costuma abordar. Em janeiro deste ano, ao advertir Gilmar Martins, proprietário de uma residência, que comemorava aniversário e fazia uso de um aparelho de som em alto volume, Kalil não gostou de ser questionado e partiu para a agressão. Familiares, incluindo a mãe do rapaz, presenciaram a brutalidade. As imagens foram parar na internet.

Recentemente, um advogado também foi vítima dos tapas. O tenente já foi denunciado à Corregedoria da Polícia Militar.

O Blog Ipiaú Notícias tem denunciado os abusos. Clique aqui e aqui.

Veja imagens do fato ocorrido em janeiro.



12 responses to “O TENENTE QUE BATE NA CARA

  1. Bater é uma atitude típica de policial covarde, que não possui preparo para encarar as adversidades, geralmente os problemas que tornam os policiais violentos estão no seio familiar, eles repassam suas angustias e agem com fúria com os cidadãos comuns; atrás de um policial furioso sempre esta um corno inconformado.

    Carlos Alberto
    Ipiaú/BA

  2. ahh, ele precisa de tratamento pscologico e analise, pelas atitudes, concetesa foi uma criança q apanhou muito na cara, ai ta traumatizado. agora q virou HOMI revida.

  3. Aqui em ilhéus tb acontece essas coisas, se tiver como enviar algumas fotos dessa semana que um homem foi preso e brutalmente espancado, agradeço.
    Vou mandarno e-mail de Gusmão, quero ver publicar…

  4. O horror em Ipiau.

    As arbitrariedades daquele que deveria manter o ordem vem se repetindo na Cidade. Um certo “Tenente” Kalil; as aspas são propositais, pois é contestável se realmente podemos chamá-lo de agente de policial, quiçá de Tenente!

    Já se sabe que preferência do arbitrário é espancar, bater na CARA, a última vítima foi um Advogado, que por nada foi agredido.

    Os atos de hostilidade, abuso de autoridade, arbitrariedade, ilegalidade e sei lá mais o que, cometidos pelo agente são contumazes, e precisam de providência.

    Não diria ponto negativo para a Polícia, mas para a pessoa que resolveu fazer o que dá na “telha”, achando que está acima da lei, e se esconde na farda da respeitada Polícia, que deveria honrar.

    Quero registrar minha solidariedade ao colega Advogado que fora espancado e as demais pessoas que também sofreram na mão do agente.

    Acorda Ipiaú! E você? Vai esperar ser agredido também?

    Seja você a mudança que quer ver no mundo. Mahatma Ghandi.

    Comece pela sua Cidade.

    Marcia Costa

  5. Caro Conterrâneos

    É com alegria constato que a sociedade de Ipiaú, acordou para apurar a violência que alguns policiais andam praticando. Há tempos resíduo em outro estado, retornando sempre a esta cidade em períodos festivos. Neste natal presenciei policiais de arma em punho em praça pública. O tempo da tortura não é admissível mais neste pais,com pesar que vejo registrado neste blog e outros da região, as atrocidade cometidas por este Tenente Kalil.”Policia é para cuidar e não espancar”.
    Rita Machado

  6. Até entendo o descontentamento em se ver uma pessoa ser agredida, mas no vídeo vejo três policiais tentando imobilizar uma pessoa que esta resistindo, também vi as tapas, mas a pessoa continua a resistir à prisão. Não conheço o suposto tenente, mas esse vídeo não pode ser tomado como base para ação violenta da policia.

  7. Esse policial como tantos outros se fiam nas pistolas q portam e em seus subordinados covardes,quando esta em casa quem manda ‘e a mulher qdo não esta atendendo a outros.Porque não se tolera a covardia e a propina paga ha esse tipos da canalhas…

  8. Esse abestado e retardado,faz parte do grupo sou valente mais dois sozinho .não passa de uma bichona……vc muito macho com outro macho por cima de suas costas…

  9. Se isso não pode acontecer passa de abuso de poder cadê a corregedorie da PM ;q não resolve mandar ir para ter aulas de boas maneiras manda esse corno ir embora, esse canalha.

  10. meu vo menho eu tava mechendo no conputador e venho me deu um tapa na cara ce nao prende ele eu mato ele nao inporta com que mais eu mato pequei uma raiva dele vemm na minha cassa logo numero da casa 844 rua:jaguariaiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *