LEVANTA A CABEÇA

Por Tico Santa Cruz, em seu blog.

O que te prende nessa atitude?Tudo o que acontece na sua vida é fruto das suas escolhas.  Por que tanta mágoa, tanta frustração, tanto sofrimento? Quem é que te obriga a viver assim? Por que você não levanta a cabeça, se olha no espelho e retoma o seu olhar de força, de amor, de coragem? O que te faz crer que és uma vítima da sorte?

O que te mantém onde estás? Por que tanto medo?

Medo de que? Medo de estar só? Medo de estar longe? Medo de perceber que a realidade é bem diferente do que o mundo encantado que enfiaram pelas suas vísceras quando lhe contavam historinhas de príncipes e princesas encantadas?

O mundo é assim. Duro. Denso. Cruel algumas vezes. Mas somos nós quem permitimos ou não que ele nos curve a seus tormentos. E as coisas boas? As crianças, a família, as viagens, os dias de sorriso, de sol, de mãos dadas, de beijos lentos, de amor de ladinho?

Tome uma atitude. Pare de chorar e reclamar da vida como se não fosse possível mudar o que não lhe agrada. Depende de quem esta transformação? De mim? Dos seus pais? Do seu patrão?  Quem pode te ajudar? Deus? Shiva? Buda? Oxalá? Cristo? Maomé?  Por que você não assume o papel principal no seu crescimento, na virada desse jogo?

Por que ficar sempre esperando que a solução venha de fora, se a solução esta bem ai, entre seus olhos.

Se algo não está saindo como você queria, perceba o que estás emanando para o universo. Ele apenas reflete nossas atitudes.  Você é refém? Tem alguém te prendendo? Tem alguém te obrigando a viver algo que não deseja? Por que esta postura de fraqueza? Por que este semblante de perdedor, este ar de pobre coitado?

Vamos lá. Tome uma decisão.

Ou você confia e segue adiante, ou para no meio da ponte e congela como uma estátua. Ou assume os riscos e dança como a música, ou aceita que não é capaz e se entrega de uma vez.

É mais fácil ser a vítima. É como quer ser enxergada?Tudo pode ser modificado e transformado, mas para isso é preciso reconhecer as dificuldades e vencê-las. Para isso é preciso disciplina, determinação e força de vontade. O viciado só pode vencer seu vício se tiver consciência dele.

O que você veio fazer nesse mundo? Está a passeio? Esta apenas sobrevivendo? Será que existe um papel de protagonista dentro de sua própria história? O que quer deixar marcado aqui nesse planeta?

Pois bem, reflita, minha querida.

Ninguém é obrigado a fazer algo que não tenha vontade. Ninguém é obrigado a viver ao lado de alguém apenas pela “formação da família”, a menos que esteja sendo manipulada e enganada, algo também questionável. Tome sua decisão e siga adiante.

Coragem é agir com o coração.

Boa sorte.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *