FREITAS, O DESAGREGADOR

O secretário de planejamento de Ilhéus, Alisson Mendonça, é a nova vítima do colega Carlos Freitas.

Nas ações de retirada dos ambulantes que ocupam irregularmente o espaço público, os fiscais da prefeitura utilizam o seguinte álibi: “Carlinhos não tem nada com isso. Foi Alisson quem mandou”.

Recentemente, durante uma reunião com o prefeito Newton Lima e o secretariado, Alisson questionou Freitas por não ter planejado uma operação especial de limpeza da cidade durante a alta estação. Perdido e desconcertado, o “homem do lixo” não apresentou argumentos convincentes. Aflito, pediu ajuda ao experiente César Cão, funcionário de carreira do setor: “sim César, nós vamos fazer o quê? Pense aí”.



11 responses to “FREITAS, O DESAGREGADOR

  1. quanto aos fiscais ja sabemos que trabalham a serviço do xerifão
    agora uma nova os supostos “fiscais do meio ambiente” mais na verdade são concursado pra serviços gerais, eles atuam na secretaria de meio ambiente de ilheus, em desvio de função ficam autuando todo fim de semana os endereços que o xerifão da secretaria do des-serviço urbanos indicam pra eles notificar, esse xerifão é o cara mesmo manda até na sec de meio ambiente.

  2. isso é verdade
    tem uns tais de fiscais do meio ambiente que ficam na cidade trajando uns coletes camulflados se dizendo serem fiscais mais na verdade não são, agora aone vamos parar nessa cidade.
    enquanto o lixo estão pelas ruas da cidade, os servidores que deveriam estar lotados na sec serviços urbanos estão tirando uma de fiscal de meio ambiente.
    acorda Nazal……….

  3. O CONDEMA DE ILHEUS ESTA TODO PERDIDO, NÃO SABEM DE NADA QUE ACONTECE NA SEC DE MEIO AMBIENTE
    INCLUSIVE DOS ACORDOS QUE ACONTECEM NAQUELE SETOR DE FISCAIS OU MELHOR OS SUPOSTOS FISCAIS.

  4. Sou Fiscal de Posturas e estou lotado no COMDECON. Sou CONCURSADO e assim como os fiscais do Meio Ambiente somos legitimados para averiguar possiveis irregularidades e reclamações em determinada área de atuação. Nós, Fiscais de Posturas do Meio Ambiente, Serviços Urbanos e Comdecon estamos em regularidade perante a Lei e somos pagos para fiscalizar e autuar quando necessário. os últimos fiscais a serem convocados foram apresentados ao secretário de administração Ten. Bezerra no último dia 3. Portanto, sugiro, antes de efetuar qualquer comentários sobre nossa atuação, que se averigue o que há de verdade e e o que há de mito.

    Alvaro – Fiscal de Posturas concursado.

  5. Sr. Alvaro
    parabens pelo concurso vc e os outros concursados.
    agora procure saber se na sec meio ambiente exite alem dos fiscais concursado outros suposto fiscais que não são concursados pra fiscais mais que estão fazendo serviço de ficais, entendeu?
    pois é publico e notorio que existem alguns concursado pra aux. de serviços gerais que estão lotados no meio ambiente exercendo função de fiscais ambientais.
    pode isso?????

  6. ola
    quero deixar o registro que a prefeitura esta de parabens em convocar os verdadeiros fiscais do municipio, os que fizeram o concurso pra fiscais de postura que envolve toda as normas, regulamentos e leis do municipio de ilheus tais como ( leis sanitarias, alvaras de funcionamento, obras e construção civil, tributos, comercio, defesa consumidor e agora a nova lei ambiental de ilheus, tudo isso para os fiscais de postura fiscalizar) agora sim temos fiscais de postura na cidade, os concursados.
    contudo ainda, nao se sabe porque, com a palavra secretaria meio ambiente, existem alguns auxiliares de serviços gerais lotado nesta secretaria, atuando como fiscais de meio ambiente. eles andam pela cidade multando os estabelecimento alegando poluição sonora e nem se quer apresentam decibelimetro, apenas usam o “olholimetro” ou seja medem os niveis de decibeis com os olhos.
    agora ilheus pergunta cadê os fiscais concursados estão aonde??? tomou doril ou estão todos lotados na sec de serv. urbanos.

  7. marão se tem aux de serviços gerais lotados na sec meio ambiente em desvio de função(dando uma de fiscal de meio ambiente) vai ver a sec meio ambiente agora mudou de função ela limpa o meio ambiente.
    xerifão é quem manda mesmo faz o que quer.
    onde foi parar os verdadeiros fiscais de postura que deveriam estar atuando na sec meio ambiente. com a resposta o CONDEMA e Nazal sec interino meio ambiente

  8. Sr Alvaro

    porque existe ainda na cidade alguns servidores concursados para auxiliar de serviços gerais autuando como fiscais de meio ambiente?????
    se vocês fiscais de postura foram aprovados em concurso publico ninguem vê???
    se voce é o encarregado dessa area pode nos dar uma resposta????

  9. Caro,
    Secretário de Planejamento
    Alisson Mendonça

    Você bem conheçe e sabe das dificuldades de retirar os ambulantes da Marquês de Paranaguá, é complicado tem ambulantes que tem cartas de apresentação e ordem expressas de Secretários, para trabalhar no local e qualquer movimento para sua retirada do local vêm logo o padrinho , pedir a transferência do fiscal para outro local.Como também sabe o amigo, que muitos dos ambulantes não são os proprietários das mercadorias expostas na rua, são simples vendedores de logistas estabelecidos na Marquês de Paranaguá, além dos protegidos dos fiscais de postura do município.Como bem sabe o amigo, o Código de Postura do Município,esta desatualizado a mais de 20 anos e precisa ser atualizado para que os fiscais tenha autoridades, de multar e aprender mercadorias.Você conheçe do assunto e sabe o que falo!
    Att,
    Melck Rabelo

  10. Resposta:

    Considerando as denúncias de que há concursados em serviços gerais efetuando trabalho de fiscalização é no mínimo um desvio moral para com àqueles que fizeram concurso para fiscais. Essa prática, tendo a anuência da Secretaria envolvida está errada. Foram convocados 40 Fiscais de Posturas para as devidas secretarias e não faz sentido ter auxiliares de serviços gerais efetuando serviços de fiscalização e autuação.
    Não sou encarregado, sou um dos fiscais de posturas lotado no COMDECON e estamos preparando nossa armadura de combate para irmos às ruas e recebermos também as denúncias dos consumidores para posterior averiguação e autuação do estabelecimento.
    Concordo plenamente que não deve haver autuação sem os devidos equipamentos (decibelímetro, legislação municipal, natureza e valor das multas) e que para haver a infração, antes deve necessariamente haver o reconhecimento de que é um desvio a prática do ato e a sanção aplicável ao indivíduo ou coletividade que a pratica. Não se pode simplesmente sair e “caçar” desvios de comportamento social baseando-se apenas no achismo e tendo o poder público como suporte.

    Espero ter respondido.

    Alvaro Santos Couto

  11. Bom Dia.

    Sou editora do Blog Fiscal de Posturas e venho lhe convidar a visitar o Blog.

    O Blog Fiscal de Posturas é destinado a todos os fiscais de posturas municipais do Brasil, contem informações, matérias, downloads e documentos relevantes.

    Aguardo a sua visita, um excelente dia de trabalho, grande abraço.

    Iris Tomaelo
    Site: http://www.fiscaldeposturas.com.br
    Twitter: twitter.com/fiscaldepostura
    Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=12776116180315943217&rl=t
    Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000505189437
    MSN: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *