NOTA PÚBLICA DO ILHÉUS IATE CLUBE

Nota Pública

A diretoria do Ilhéus Iate Clube vem a público manifestar solidariedade aos participantes da festa de formatura realizada na dependências do anexo do referido clube, nesta sexta feira, dia 11 de fevereiro de 2011,, quando um acidente ocorrido no anexo do Iate provocou lesões a alguns convidados, com 04 vítimas hospitalizadas, felizmente sem nenhuma fatal, e esclarece:

1. Todas as medidas de assistência aos que se machucaram estão sendo providenciadas;

2. Os órgãos competentes, como bombeiros, CREA e polícia técnica foram acionados para devida apuração do ocorrido;

3. A estrutura principal do clube, onde ocorre a maioria absoluta das atividades, em nada foi comprometida, estando em perfeita ordem, tendo em vista o incidente ter ocorrido em parte do anexo, construção independente, comprometendo cerca de 8 m², anexo esse já completamente isolado;

4. Vem por meio desse agradecer ao pronto atendimento do SAMU a todos: convidados, amigos, sócios, médicos e equipes e autoridades que se uniram em prol de apoiar e ajudar os que saíram prejudicados.

Maiores esclarecimentos serão feitos na próxima segunda feira.

Solidariamente,

Diretoria

Ilhéus Iate Clube

VIVA E DEIXE VIVER!

Por Gustavo Pestana.

(In)decisão. Amo essa palavra, decisão, cisão.

A decisão é o ato de cindir, romper com algo que nos prende. Quando um bebê nasce seu cordão umbilical deve ser cortado, cindido, para que ele possa viver, pois caso isso não aconteça ele nem estará no ventre da mãe e tão pouco apto a viver fora dela. Ao decidir o rompimento do cordão umbilical de uma criança, ela entrará no mundo das decisões, o qual a tornará livre, dona do livre arbítrio. Ele poderá agora responder e escolher o que ela quer para o restante de sua vida. Você pode ter visto ou até conhece pessoas que até hoje estão pressas por “cordões umbilicais”, laços que não as deixam viver, “nem uma vida fora do ventre, nem dentro do ventre”. O que seria um “ventre”?

Ventre é algo que abriga, nutri e protege um feto. Neste local, o feto pode desenvolver-se e constituir-se como ser humano. Mas depois de 9 meses acontece/chega a hora do parto, ele, o bebê, necessitará sair do ventre materno e conhecer o mundo que o cerca, o qual o espera. Quando um bebe nasce antes dos 9 meses dar-se-á o nome de prematuro e quando supera esse período dar-se-á o nome de supermaduro. Mas quando ele nasce e não se separa do cordão umbilical como ele é classificado? Não há classificação, é algo (in)definido.

(mais…)