ÂNGELA VOLTOU ATRÁS

A deputada estadual Ângela Sousa voltou atrás. Agora ela também integra a comissão especial da Assembléia Legislativa, que vai discutir a implantação do Porto Sul. Ângela se negou a assinar o requerimento que criou a comissão. Com certeza, ela percebeu que abriria mão de bons holofotes. Por e-mail, a deputada enviou esta fotografia, auxiliada por um texto que não identifica os outros parlamentares. Seria mais interessante que tivesse enviado apenas a sua imagem.


5 responses to “ÂNGELA VOLTOU ATRÁS

  1. Isso que é pensar no futuro, na reeleição que não irá acontecer.

    Não adianta a dor na conciência!

    O Porto Sul, complexo intermodal já é sucesso sem os politiqueiros da nossa região…

  2. Agora o Porto Sul corre realmente o perigo de não sair.

    Se a deputada tiver a mesma atuação que teve no DPT, o Porto Sul já era.

  3. DEMOROU DEMAIS

    vamos assistir mais uma sessão de pantomimas, a deputada vai garimpar votos para seu pupilo tomar o palácio paranaguá e diga-se de passagem muito bem assesorada por elementos como Augusto bronha Macêdo eo Diretor do presidio o fabricante de pães e hoje assessor Frederico Vésper, e por falar em macedo deu o que mesmo a apuração das discarações na secretaria de assistencia social ? será que pelo menos limparam as mesas que seu Agusto sujou ?

  4. Caro leitores venho por meio deste salienta-los que a Dep. Ângela Sousa sempre esteve presente nas reuniões da BAMIN, sempre defendeu a instalação do complexo intermodal na região. Principalmente pela geração de renda e emprego para nossa Ilhéus e cidades vizinhas aliás: nossa Bahia. Lamento o fato de a oposição ter que tentar sujar a imagem de uma pessoa que embora são seja perfeita mais é de bom caráter, boa familia, boa reputação como a Dep Ângela. Agora quem viver verá o que Deus agir e os adeptos de satanás se calarem e engulir calados, amarrados. Sai da frente! Ângela Sousa e seu grupo está cada vez mais crescendo, pois essa é a recompensa dos justo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *