ESTÓRIAS DE “PROPININHA VENHA”

Em Ilhota, cidade lindíssima do litoral nordestino, um secretário da “desordem urbana”, conhecido como “Propininha Venha” faz sucesso na rapinagem do dinheiro público.

Uma grande empreiteira ganhou uma obra de 10 milhões na cidade. De contrapartida, ofereceu 500 mil ao secretário, para que ele investisse na campanha de Tinico Brahma, que ajudou a viabilizar a liberação dos recursos e era candidato a deputado funeral.

Acontece que “Propininha” resolveu dar um tombo em Tinico Brahma. Ao invés de bancar a campanha, investiu na compra de imóveis, todos em nome dele.

Essa estória é pura ficção. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.



5 responses to “ESTÓRIAS DE “PROPININHA VENHA”

  1. Ao irmão Marcos Oliveira aviso que Pai Pedro já se encontra no Reino dos Afortunados, ele não nos pertence mais.

    O seu substituto no Ifá agora é o Pai Dedé de Oxossi, para que nossos irmãos possam na madrugada fria e escura, subir ao Basílio para fazer seus Ebós.
    Saravá e Aleluia, que ninguém é de ferro….

  2. meu nome não é “marcos”, e sim MARCO!!!!!
    eu sei muito bem que o irmão Pai Pedro já desencarnou….. mas contnuo cacreditando nele… qual o problema…
    agora passo a acreditar tbm em Pai Dedé de Oxossi….
    ai Pai Dedé, me acuda!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *