A PENA RESPEITADA DE RABAT

Quando Roberto Rabat abre mão de sua tranquilidade para escrever sobre os problemas da administração pública, é porquê ele está cansado, enojado com a fedentina da corrupção.

Apesar da maturidade e da longa experiência, traços que lhe permitem manter distância de palavras intempestivas e rompantes desleixados, o grande jornalista não deixou de exercitar a indignação.

No seu último editorial, Rabat através de fontes privilegiadas,  faz uma reflexão sobre as incinerações “misteriosas” de medicamentos, que acontecem de vez em quando na secretaria de saúde de Ilhéus. Ele também descreve a receita utilizada pelos ladrões do erário público para se dar bem com o dinheiro do SUS.

Vale a pena ler, clique aqui.



2 responses to “A PENA RESPEITADA DE RABAT

  1. O Sr Rabat é um homem honrado e tem muita coragem em denunciar estes fatos, o que me impressiona é que quem deveria fazer algo, nada faz!( Ministerio Publico,CGU,PF)
    Mas engana-se quem pensa que as mudanças nao estao em curso!
    Na historia do Brasil, vemos que as revoltas acontecem e sao sempre envoltas de extrema violencia.
    é inadimicivel, tantos recursos, serem manipulados e desviados de forma descarada, por quem deveria cuidar de forma zelosa e honesta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *