EM SEPETIBA O MINÉRIO DE FERRO SÓ TROUXE DESTRUIÇÃO

A comunidade que vive nas proximidades da Baía de Sepetiba, zona oeste do estado do Rio de Janeiro, tem mil motivos para reclamar da Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA), recentemente construída.

A dragagem realizada na Baía tem prejudicado os pescadores, gerando grande insatisfação.

Tem líder comunitário contrário à empresa, vivendo escondido, sob ameaça de morte.

Trata-se de mais um péssimo exemplo do modelo de desenvolvimento defendido pelos adoradores da empresa do Cazaquistão, camuflada de BAMIN.

Veja.



6 responses to “EM SEPETIBA O MINÉRIO DE FERRO SÓ TROUXE DESTRUIÇÃO

  1. Boechat, na imprensa, é o único que faz críticas e denuncia. Outro dia a região inteira estava permeada de fuligem, só
    Boechat criticou e disse que na Alemanha esse tipo de coisa não seria instalada, mas que o Rio, seus empresários aceitariam numa boa essa latrina ser jogada no Rio de Janeiro.

  2. Sera que o ator de Ilheus viu esta materia Gusmao? Já leu a entrevista dele? Vixiiiiiii… acho que ta sendo artista. Deus proteja Ilheus desses filhos

  3. VAI COMEÇAR DE NOVO

    demorou até demais aparecer alguma papagaiada sobre o porto sul, o que é que o RJ tem haver com a Bahia ? o prefeito do Rio pra quem não sabe proibiu no carnaval que blocos tocassem axé music e agora vem com essa de poluição no rio, e que eles me dizem da Bahia de guanabara ? pra barrar o porto sul basta que as outras regiões do pais apresentem uma proposta de desenvolvimento para esta região ah ! ia esquecendo e ponham em prática.

  4. Parece que DEGAS,MIRINHO, E PICOLÉ, são irmaos e estudaram na mesma escola.Parece!
    Mais uma coisa eu tenho certeza, o texto dado a eles é igual ao dado ao ATOR fabioLago. É cuspido e escarrado.Só que fabinho é ator e ganha mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *