JUSTIÇA CENSURA O BLOG DO GUSMÃO

O Juiz Jorge Luiz Dias Ferreira, da 3ª vara cível de Ilhéus, determinou que o Blog do Gusmão retire no prazo de 48 horas, duas postagens sobre o secretário de serviços urbanos de Ilhéus, Carlos Freitas.

Na primeira nota, “ABC do Valentão”, este blog fez críticas ao secretário por usar de maneira equivocada a palavra “imacular”. Freitas é useiro e vezeiro na pronúncia da frase “querem imacular a minha imagem”.

A justiça mandou excluir o texto, por considerar que fizemos “gracejo depreciativo a respeito do nível cultural do autor”. Pelo que nos consta, por diversas vezes, setores da imprensa criticaram o ex-presidente Lula, devido às suas derrapadas gramaticais. Desconhecemos que ele tenha entrado com ações. Também não sabíamos que é proibido criticar um representante público que comete esse tipo de erro numa emissora de rádio, “para que todos ouçam”. Não tínhamos consciência de que a liberdade de imprensa esbarra nesse “limite”.

Na segunda, o judiciário ordena a exclusão do texto “O Valentão e a Dedada”, publicado na página de humor, onde relatamos que Freitas, após muita resistência, aceitou fazer o exame de próstata (toque retal). Vale lembrar que o ministério da saúde recomenda que todos os homens façam o exame e promovam “o encontro triunfal do dedo com a glândula”. Os próprios médicos tratam o assunto com bom humor, na tentativa de diminuir o preconceito e o machismo. O câncer de próstata é um grave problema de saúde pública. Muitos morrem por não aceitar fazer o procedimento.

Recentemente, o programa CQC entrevistou diversos políticos sobre o assunto. Muitos assumiram que fizeram o “toque”. Um urologista revelou ao repórter Rafinha Bastos que fez o exame no ex-governador de São Paulo, José Serra. Não consta que Serra tenha processado o médico por quebra de sigilo profissional.

Os médicos recomendam que esse tema seja tratado de maneira leve, com bom humor. Esse tipo de abordagem é fundamental para quebrar a resistência dos “machos”.

O judiciário ilheense considerou que o nosso texto é “de gosto duvidoso” e que realmente viola a intimidade do secretário e sua vida privada. Na interpretação do Magistrado, revelar que um homem público seguiu a recomendação do Ministério da Saúde é um desrespeito.

Vale lembrar que no texto consideramos Freitas como um exemplo a ser seguido, já que a prevenção é fundamental para afastar a doença.

Para a nossa surpresa, a determinação exige que façamos a retirada de um texto do Blog Unidos Por Ilhéus, com o título “Vixe, Começou a Varredura”. O espaço não é de nossa responsabilidade. Como poderemos cumprir?

O Blog do Gusmão acatou a decisão do magistrado, mas pretende recorrer imediatamente.

Veja a reportagem do CQC sobre o toque retal.



One response to “JUSTIÇA CENSURA O BLOG DO GUSMÃO

Comentários fechados