VIVA A SOCIEDADE ALTERNATIVA

Por Marcos Pennha

A chuva cai torrencialmente, às vezes, deixando transparecer que não dará trégua. Quem mora em local seguro, por enquanto, tá tranquilo. O problema fica mais para quem reside nos altos. O perigo passado por esses moradores só é lembrado quando vem o toró.

Em Ilhéus, os cidadãos questionam onde e como estão aplicados os R$ 10 milhões repassados ao governo municipal, em 2010, pelo governo federal, quando Geddel Vieira Lima ainda ocupava a titularidade da pasta da Integração Nacional. Eis aí a questão. O povo brasileiro ainda engatinha na lição de democracia. Veja que alguns dos “fichas sujas” retornaram ao Congresso Nacional.

Votar é apenas um passo na caminhada do bom cidadão. E a gente brasileira não consegue fazer isso com eficiência. Os fatos comprovam. A sociedade civil precisa envolver-se mais na cobrança aos eleitos. Não é fácil, pois todos estão muito ocupados com seus problemas pessoais, sabemos disso; mas é extremamente necessário que se tome conhecimento e aja contra os maus políticos.

A falta de envolvimento da sociedade nas ações de governantes e parlamentares resulta em aumento do ônus à própria sociedade. Ilhéus, por exemplo, sofre com os desmandos nos diversos setores. Em que pé estão as investigações nas secretarias de Ação Social e Saúde? Houve investigação da Controladoria Geral da União (CGU) e da Polícia Federal, em 2008, com fortes suspeitas de malversação de verba pública, e até agora nada de resultados definitivos. Em que pese o indiciamento de algumas figuras públicas, todo mundo permanece calado, mudo. Os representantes legítimos do povo, os vereadores, não cumprem, à risca, seus deveres como fiscalizadores incisivos do executivo. Representantes de Lions, Rotary, Maçonaria, CDL, Associação Comercial assistem a tudo, passivamente. O Ministério Público (MP) tem que ser provocado para agir.

(mais…)

CAE REPROVA CONTAS DA MERENDA ESCOLAR

Na última terça-feira (22), o Conselho de Alimentação Escolar (CAE) de Ilhéus se reuniu para avaliar os gastos com a merenda escolar de 2010.

As contas apresentadas pela prefeitura foram reprovadas por unanimidade. Segundo o conselho, há graves indícios de irregularidades.

Somente em 150, dos 200 dias letivos, houve distribuição de merenda. A prefeitura atribui a falta nos 50 dias às paralisações e assembléias de professores, à desorganização no calendário escolar daquele ano e à inadimplência dos fornecedores.

O relatório que será encaminhado ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), além de informar a reprovação das contas, deve comunicar o descumprimento da lei que obriga o município a comprar 30% da merenda direto dos pequenos agricultores.

MANIFESTAÇÃO CONTRA HOMOFOBIA NO “INFERNINHO”

Casal que foi expulso do bar.

Aconteceu ontem (sexta, 25) no bar “inferninho”, em frente à UESC, um ato público contra a homofobia.

A manifestação foi em resposta a uma atitude considerada homofóbica. O dono do estabelecimento teria mandado dois estudantes homossexuais pararem de se beijar durante uma festa.

Segundo o proprietário, os carinhos trocados entre os rapazes estariam incomodando outros clientes do espaço.

Veja mais fotos do protesto.

(mais…)

DESTAQUES DA REVISTA CONTUDO

A décima edição da revista CONTUDO, que chegou às bancas neste sábado (26), traz na capa uma realidade que merece, no mínimo, reflexão. A taxa de evasão nos cursos da UESC.

A cobertura da procissão de São José, uma das mais tradicionais manifestações populares de Itabuna, teve destaque nessa edição. Como não poderia faltar, a reportagem retrata também o viés político que se apresentou na festa.

A CONTUDO é vendida por R$ 2,00 em todas as bancas de Ilhéus e Itabuna.

SÃO JOÃO DE ILHÉUS COM APOIO DO ESTADO

Paulo Moreira: Ilhéus terá atração de peso.

O secretário de turismo Paulo Moreira e o vice prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre participaram de reunião com o secretário de turismo da Bahia, Domingos Leonelli, na última quinta (24), em Salvador.

Na reunião ficou acertado que o governo do estado investirá nos festejos juninos na cidade e garantiu a presença de uma atração de peso para a festa que ocorrerá de 22 de junho a 2 de julho deste ano, no Parque de Exposições.

Além do São João, eles discutiram outros temas relacionados à atividade turística, como a chegada de cruzeiros na cidade e as comemorações do centenário do escritor baiano Jorge Amado, em 2012.

NOVE PAÍSES RICOS SERÃO ATEUS ATÉ 2050

Da IstoÉ

Surpreendeu as comunidades científica e teológica a conclusão de uma pesquisa feita pela American Physical Society: as religiões podem ser radicalmente extintas em nove países ricos até 2050.

Valendo-se de um modelo de progressão geométrica e levando em conta transformações culturais e fatores sociais, os pesquisadores analisaram diversos censos a partir do século XIX.

O estudo identificou uma forte e crescente tendência de aumento no número de pessoas ateias no Canadá, na Austrália, Áustria, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia, Suíça e República Tcheca – país com o maior número de ateus (60% da população).

BLITZ NA ZONA SUL DE ILHÉUS

Com a intenção de verificar documentos e procurar armas e drogas, a 69ª Companhia Independente da Policia Militar, responsável pela zona sul de Ilhéus, está realizando blitz constantes.

Na última quinta-feira (24) a operação aconteceu nos bairros Nossa Senhora da Vitória, Nelson Costa e Pontal, e contou com a participação de 40 policiais. Neste dia foram removidos 03 veículos e 08 foram notificados.

O comandante da operação, Major Perdiz, explica que: “é de fundamental importância que a população colabore com o trabalho policial. Ao ver uma blitz reduza a velocidade, abaixe os vidros, não realize movimentos bruscos e à noite acenda a luz interna”.

NOMEAÇÃO DE GEDDEL É DERROTA DE WAGNER

Do Poder Online

A nomeação do ex-deputado Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) como vice-presidente da área de Pessoas Jurídicas da Caixa Econômica Federal acabou se transformando numa derrota do governador da Bahia, Jaques Wagner (PT).

Por culpa do próprio petista, que divulgou ter dado parecer contrário ao aproveitamento do seu adversário nas últimas eleições em qualquer cargo do governo federal.