PROPAGANDAS NAS FARDAS DOS PMS

O deputado estadual Wagner Montes (PDT/RJ) desistiu de colocar em votação o projeto de lei que permitiria a inserção de propagandas nas fardas de policiais, bombeiros e agentes penitenciários do Rio de Janeiro.

Montes tinha a seu favor o argumento de que o estado não oferece remuneração adequada aos policiais, e que a propaganda serviria de reparação à defasagem dos salários (já que  R$ 270 reais seriam repassados a cada policial que tivesse a propaganda na farda).

A proposta não agradou a população, já que colocaria a credibilidade da polícia em jogo. Diante da negativa popular, Wagner Montes não colocou o projeto em votação.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *