O PRIMEIRO HOMOSSEXUAL

 

Homem teria sido enterrado ao lado de objetos femininos.

Restos mortais de um indivíduo masculino enterrados em uma cerimônia destinada a mulheres pode ser o indício de um homem pré-histórico homossexual, dizem cientistas.

A descoberta foi feita por pesquisadores da Sociedade Arqueológica Tcheca, em um sítio que data entre 4.500 e 5 mil anos atrás. Os estudiosos acreditam que a pessoa era considerada como pertencente a um “terceiro sexo”, que poderia ser homossexual ou transexual.

Os arqueólogos afirmaram que os homens do período costumavam ser enterrados junto com armas, ferramentas, comidas e bebidas. Já as mulheres eram enterradas rodeadas com jóias e objetos de uso doméstico.

O homem encontrado estava rodeado por objetos semelhantes ao dos indivíduos do sexo feminino.

Informações da IstoÉ

CACAU ESTOCADO NA COSTA DO MARFIM AINDA PODE SER EXPORTADO

Do Estadão

O meio milhão de toneladas de cacau estocado na Costa do Marfim, após meses de sanções que interromperam as exportações, ainda deve apresentar condições adequadas para ser vendido, apesar do calor e da umidade.

Jonathan Parkman, chefe adjunto do departamento de agricultura da corretora Marex Financial, disse que entre 100 mil e 150 mil toneladas de cacau estavam desprotegidas contra o risco de mercado e isso poderia trazer aos preços um impacto maior do que a interrupção das exportações. Parkman disse ainda que o cacau negociado no mercado futuro pode ficar de 5% a 10% abaixo do valor considerado justo com a retomada das exportações. “A maioria dos relatos diz que o estrago não foi grande.”

Para Keith Flury, analista sênior da Rabobank, a mercadoria estocada tinha qualidade suficiente para ser exportada, sofrendo um estrago apenas limitado. Ele ainda prevê um déficit comercial de 30 mil toneladas de cacau em 2011/12 depois do superávit de 168 mil toneladas registrado em 2010/11. “Como o caos político foi reduzido, as leis fundamentais da economia podem impulsionar os preços”, disse.

(mais…)

ROCK’N ROLL COM POESIA

Acontece no próximo sábado, às 20 horas, na Casa dos Artistas, um programa cultural diferente, o espetáculo Catedrais Suspensas, em que a banda Enttropia, uma das mais atuantes do cenário cultural ilheense, funde o seu rock’n roll puro sangue e letras emblemáticas aos poemas viscerais de Gustavo Felicíssimo, que os interpreta no palco, proporcionando um show inovador e ao mesmo tempo surreal e vibrante para o público.

Mais informações: 73.8842.2793 (Gustavo)

RENEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS DO CACAU AVANÇA

O deputado federal  Geraldo Simões (PT) se pronunciou no congresso defendendo a renegociação das dívidas dos cacauicultores.

Geraldo considera essa medida um passo fundamental para a recuperação da lavoura cacaueira no sul da Bahia. No fim do ano passado, o deputado foi o relator da Medida Provisória nº 500, que trata do PAC do Cacau e das dívidas dos produtores.

Para Geraldo foi uma grande vitória conseguir a renegociação junto ao governo, ministérios e a oposição. Todos sentiram a necessidade da medida para o fortalecimento da região.

Pelo menos 800 operações foram liquidadas este ano, num total de R$11 milhões. Nos próximos meses estima-se que cerca de R$ 400 milhões sejam movimentados com as renegociações, anistias e novas linhas de crédito aos produtores.

(mais…)

PROFESSORES DE ILHÉUS CONVOCAM NOVA ASSEMBLÉIA

O sindicato dos professores da rede municipal de Ilhéus convocou assembléia da categoria para a próxima terça-feira (12).

Caso as negociações em torno de alguns pontos da campanha salarial não avancem, a classe pode entrar em greve por tempo indeterminado. A categoria quer a implementação do plano de cargos e salários e o reajuste do ticket alimentação.

NAZAL: PRETENSÃO PELO TERRITÓRIO É ILEGÍTIMA

A disputa pela área onde estão localizados os supermercados Atacadão e Makro, na rodovia Jorge Amado, está só no começo. Ontem (quinta, 07) pela manhã, o chefe de gabinete da Prefeitura de Ilhéus, José Nazal, comentou o caso.

Ele afirmou que a pretensão itabunense pela área é “ilegítima”. Já o secretário de Administração de Itabuna, Maurício Athayde, diz que a área deve ser incorporada porque é Itabuna que atende seus moradores com serviços públicos de saúde e educação.

Para ele, “Itabuna precisa crescer”, frase que mais irritou o secretario de Ilhéus. Os dois secretários dicutiram o assunto na quarta feira (06) numa reunião na Assembléia Legislativa da Bahia.

José Nazal reconheceu que a Assembléia pode ceder o território a Itabuna, mas prometeu brigar na justiça caso isso ocorra. O secretário disse ainda que, se o município ceder um pedaço de seu território cada vez que Itabuna disser que precisa crescer, “daqui a pouco os itabunenses vão dizer que são donos até de nossas praias”.

Informações do Jornal A Região