CAMPANHA ACUSA CÂMARA DE COMPRAR CDS SUPERFATURADOS

No dia 31 de março, a campanha “Quem Não Deve Não Teme”, que fiscaliza contas públicas, denunciou a câmara de vereadores de Ilhéus ao Ministério Público Estadual.

Os fiscais constataram que em julho de 2009, a “Casa do Povo”, presidida por Jailson Nascimento, comprou cds regraváveis a preços bem diferentes.

Em alguns processos, os mesmos discos foram adquiridos a R$ 2,60, em outros, a R$ 7,30, bem acima do valor de mercado.

Os membros da campanha apuraram que o legislativo ilheense costuma gastar, por mês, quase 18 mil reais em materiais de escritório.

As compras são realizadas na livraria do ex-vereador Gilmar Sodré, aliado político de Jailson Nascimento.

A promotora Karina Cherubini vai investigar a denúncia.

ILHÉUS ABANDONADA: PISCINÃO NO BAIRRO SÃO FRANCISCO

 

Sempre que chove esse problema acontece. Duas ruas paralelas, do bairro São Francisco, próximas ao supermercado Meira da Zona Sul, ficam alagadas. Os moradores ficam impossibilitados de ter acesso às suas residências. O problema é antigo, e a prefeitura não resolve. Vale a pena pagar IPTU? Ilhéus tem secretário de obras? Foto: Blog do Gusmão.

(mais…)

CORONEL SANTANA QUER MENOS ARRECADAÇÃO PARA ILHÉUS

O deputado coronel aspira o título de inimigo nº1 de Ilhéus.

O deputado estadual Gilberto Santana (PTN), não satisfeito com a sua luta em favor dos supermercados Atacadão e Makro para Itabuna, agora quer mais a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC) e a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Na opinião de Santana, o bairro ilheense Salobrinho (onde estão localizadas as duas instituições) fica melhor pertencendo a Itabuna, pelo simples fato de estar mais próximo desta cidade, onde ele tem a sua base eleitoral. Ainda segundo o deputado, os distritos Inema e Pimenteira, de Ilhéus, devem ser pertencentes ao município Coaraci, pelo mesmo motivo citado acima.

Engraçado é que o deputado Santana, membro da Comissão de Assuntos Territoriais e Emancipação da Assembleia Legislativa baiana, defende a formação da região metropolitana liderada pelas principais cidades: Ilhéus e Itabuna. O que fica no ar, diante de suas proposições contra Ilhéus, é como ele dará explicações aos 1.561 eleitores ilheenses que votaram nele em 2010.

Com informações do Pimenta.

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA CONTA A HISTÓRIA DO TEATRO POPULAR DE ILHÉUS

O Teatro Popular de Ilhéus estreou hoje (segunda, 18), às 14h30min, uma exposição fotográfica memorial que narra a trajetória do grupo, fundado em 1995, pelo ator e diretor Équio Reis (já falecido).

Quando surgiu, a proposta inicial do TPI juntou oito artistas corajosos, congraçados através de uma idéia desafiadora: fazer teatro independente no Sul da Bahia, buscando nos anseios das comunidades grapiunas, a inspiração principal.

A exposição, fruto da pesquisa de Potira Castro e Ed Paixão, traz fotografias inéditas, realizadas por Équio Reis e Pedro Mattos (personalidade importante na história do grupo, já falecido).

Aproximadamente 100 fotos, que relembram 20 espetáculos encenados pelo TPI, estarão à disposição do público, acompanhadas de sinopses e figurinos.

O acervo de imagens ficará até o dia 18 de maio, na Casa dos Artistas, sempre de segunda a sexta, das 14h30min às 18h30min.

Endereço: Rua Jorge Amado, nº39, Centro, Ilhéus. A entrada é franca.

JUQUINHA DA VALEC É ACUSADO DE SUPERFATURAMENTO

Juquinha.

Segundo a edição 2162 da revista Isto É, o presidente da Valec Engenharia, Construções e Ferrovia S/A, José Francisco das Neves, o Juquinha, juntamente com outros executivos da empresa, são acusados de terem superfaturado obras da ferrovia Norte Sul, segundo o relatório de peritos criminais da Polícia Federal. A Norte Sul já tem 1,3 mil quilômetros construídos, tendo consumido o total de R$ 4 bilhões. Os peritos projetam que os desvios podem alcançar a cifra de R$ 1,1 bilhão.

Sete lotes da obra foram concluídos. O lote 4, pesquisado pela perícia, compreendido no trecho entre os municípios de Santa Isabel e Uruaçu, em Goiás, já foram desviados R$ 71 milhões, que corrigidos até o mês de janeiro deste ano atingem o valor de R$ 92 milhões.

Juquinha é aquele que, dias atrás, falou, autoritariamente, para quem duvida da concretização da Ferrovia Oeste Leste (FIOL), programada para ligar Caetité/ BA a Figueirópolis (TO): “Não fiquem na frente do traçado, porque o trem vai passar em cima de vocês”. Declaração própria de quem é acostumado a agir fora da lei.

Clique aqui para ler a matéria da Isto É.

AÉCIO DISSE NÃO AO BAFÔMETRO

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) teve a Carteira Nacional de Habilitação apreendida durante uma blitz da Lei Seca, realizada na madrugada do último domingo (17), no Leblon (RJ). O parlamentar foi parado por volta das 3h, na esquina das ruas Bartolomeu Mitre e General San Martin, e optou por não fazer o teste do bafômetro. Os fiscais da blitz constataram que a carteira de Aécio estava com a data de validade vencida. O documento foi apreendido, e o senador foi multado em R$ 957,70.

Aécio só foi liberado ao chamar um amigo para dirigir o seu carro, uma Land Rover.

Informações do jornal O Globo

SEM TERRAS NA BAHIA: DIÁLOGO DO GOVERNO IRRITA NOSTÁLGICOS DO AUTORITARISMO

Por Josias Gomes

Parte da chamada Grande Imprensa parece considerar que o tratamento a ser dispensado aos movimentos sociais tenha que continuar sendo o da repressão. Neste sentido, pouca diferença há entre esses setores da imprensa e os mais empedernidos defensores do autoritarismo no tratamento a ser dado às reivindicações populares.

Trabalhadores do Movimento Sem Terra, acampados na Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária da Bahia estão sendo atendidos pelo governo baiano em suas necessidades mínimas de alimentação e higiene. Bastou isso para que esse setor da Imprensa investisse contra o governo Jacques Wagner, em ataques furibundos.

Primeiro deixar claro o meu apoio à resolução do governo da Bahia, que, mais uma vez, resolveu amparar com medidas humanitárias o Movimento Sem Terras. Por mais que persista certa nostalgia dos tempos da repressão pura e simples aos movimentos de trabalhadores, o Brasil consolidou o regime democrático, sem retrocessos possíveis.

(mais…)

PM ESTOURA BOCA DE FUMO NO HERNANI SÁ

Foto da PM.

Foram presos no último sábado (16), no bairro Hernani Sá, em Ilhéus, Gildan Ribeiro dos Santos, de 51 anos e sua esposa Thais de Jesus Neves.

Gildan foi preso em flagrante por policiais da 69ª CPM, quando vendia entorpecentes a um homem.

Em sua casa, no caminho 50, nº 4, foram encontradas 305 gramas de cocaína, nove papelotes, dinheiro, diversos celulares, uma balança de precisão e aparelhos de TV e DVD.

DR. BONFÁ PROPÕE A REVOGAÇÃO DO DECRETO QUE EMANCIPOU ITABUNA

O advogado Dr. Bonfá, que participa do programa Alerta Geral, apresentado por Gil Gomes na Rádio Santa Cruz, propôs que Itabuna volte a ser distrito de Ilhéus.

Bonfá justifica que haveria uma economia de “Newtons” (Lima e Azevedo) e  de “Carlos” (Leahy e Freitas).

Um pouco de ácido na “Batalha de Quiricós”. Ouça e dê boas risadas.

 

 

 

CONSELHO PARA QUEM PEDE

Por Robinson Almeida

Diz um adágio do povo: “água e conselho se dá a quem pede”. Sobre o acesso a água é demais conhecido o pedido e há um exitoso programa do governo, o Água para Todos, em execução. Sobre conselho, uso o trocadilho para falar da regulamentação do Conselho Estadual de Comunicação Social, em tramitação na Assembléia Legislativa.

Os Deputados Estaduais aprovaram na Constituição baiana, em 1989, o artigo 277, §2º, que diz: “O Conselho de Comunicação Social, que formulará a política de comunicação social do Estado, terá sua competência e composição estabelecidas em lei”. Portanto, o pedido do Conselho é antigo.

De lá pra cá muita coisa mudou. Presenciamos a uma revolução tecnológica que alterou definitivamente a maneira de comunicação entre as pessoas em todo mundo. O computador, o celular, a câmera e a TV, ou estamos falando da mesma coisa, ditam a era digital. A internet revolucionou a forma de produção e consumo da informação.

(mais…)

FHC PROPÕE 3º ROUND À LULA

Em entrevista ao programa “Começando o Dia”, que estreou na rádio Cultura FM, nesta segunda-feira (18), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) colocou em jogo a enorme popularidade do também ex-presidente Lula.

FHC disparou: “Ele se esquece que eu o derrotei duas vezes. Quem sabe ele queira uma terceira. Eu topo.”

Informações da Folha de SP

UNS POUCOS OPORTUNOS E MUITOS OPORTUNISTAS

Por Malu Fontes

A culpa é do Congresso Nacional. É dos filmes violentos. É dos jogos de vídeo game que fazem crianças e adolescentes divertirem-se com a morte. É do computador. É da Internet. É da impunidade no Brasil. É da indústria bélica. É da omissão dos poderes públicos. É da corrupção. É da falta de segurança nas escolas. É da falta de valores. É da família que não dá limites. É do bullying. É da religião. É da falta de religião, é do ateísmo, do fundamentalismo, da fé, da falta de fé, da novela das nove, da sociedade de consumo e da Rede Globo. Todas essas explicações oportunistas foram durante esta semana, lidas, ouvidas em algum programa de televisão, algum veículo de imprensa, uma conversa social ou postadas em timelines de redes sociais e tinham o mesmo objeto: o massacre de Realengo, no Rio de Janeiro.

Auto-convencidas de sua certeza diagnóstica, as pessoas usaram as redes sociais durante a semana como um megafone do senso comum, onde atribuíam a (ir)responsabilidade desse tipo de evento até mesmo à imprensa, pois, se esta fosse censurada, argumentavam, os violentos não cometeriam crimes, pela certeza prévia de que seus atos não teriam repercussão. E eis o diagnóstico mais enviesado de todos, entre os ouvidos: “a Rede Globo realizou o sonho de Wellington, pois ele conseguiu o que queria: ficar famoso”. Ah, tá. A Globo deve ter inventado o rapaz e ensaiado seu desatino no Projac. E o resto da imprensa, inclusive a internacional, foi atrás?

(mais…)