CAMPANHA ACUSA CÂMARA DE COMPRAR CDS SUPERFATURADOS

No dia 31 de março, a campanha “Quem Não Deve Não Teme”, que fiscaliza contas públicas, denunciou a câmara de vereadores de Ilhéus ao Ministério Público Estadual.

Os fiscais constataram que em julho de 2009, a “Casa do Povo”, presidida por Jailson Nascimento, comprou cds regraváveis a preços bem diferentes.

Em alguns processos, os mesmos discos foram adquiridos a R$ 2,60, em outros, a R$ 7,30, bem acima do valor de mercado.

Os membros da campanha apuraram que o legislativo ilheense costuma gastar, por mês, quase 18 mil reais em materiais de escritório.

As compras são realizadas na livraria do ex-vereador Gilmar Sodré, aliado político de Jailson Nascimento.

A promotora Karina Cherubini vai investigar a denúncia.



9 responses to “CAMPANHA ACUSA CÂMARA DE COMPRAR CDS SUPERFATURADOS

  1. INFORMAÇÃO QUE RECEBI É QUE O PREFEITO NÃO VAI REPASSAR O DINHEIRO PRO HOSPITAL SÃO JOSÉ E OS FUNCIONÁRIOS PASSARÃO FOME NA SEMANA SANTA, MAIS UMA VEZ SALÁRIO ATRASADO POR FALTA DE REPASSE. PRA ONDE VAI ESSE DINHEIRO ENTÃO???

  2. Anônimo,
    então, neste caso, não é cdrw, e sim dvdrw.
    Por sinal, dvdrw não custa R$ 7,30, é mais barato.
    Além do mais, pode ser usado os discos DVD-R ou DVD+R, que não são regraváveis, e custam menos.

  3. BESTEIRA, VÃO ATRÁS DE COISA GRANDE. POR EXEMPLO: O CUSTO DA PINTURA DA CAMARA FOI DE ARROMBAR E SÓ CALCULAR MP.

  4. A titulo de informacao, esse pessoal que vai fiscalizar contas publicas nao tem nenhum conhecimento de administracao publica. Lembro de diversos casos. eles nao sabem o o que é empenho e as formas de liquidacao e pagamento, saldo de empenho etc.. deveria consultar antes fazerem acusações levianas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *