DEMITIDO POR CRIAR ENQUETE SOBRE “SEXO GAY NO NAZISMO”

Do Portal Comunique-se

Um profissional, que não teve o nome divulgado, foi demitido do Grupo Folha na noite de quarta-feira (27/4), após ter sido responsabilizado pela publicação da enquete “Sexo gay no nazismo”, no site da Livraria da Folha. A pergunta lançada, para saber se os leitores teriam relações homoafetivas se fossem prisioneiros em algum campo nazista, cita o livro Triângulo Rosa, obra baseada em depoimentos de um homossexual, sobrevivente ao Holocausto.

Em nota, a direção da livraria da Folha afirmou que a enquete era “inapropriada e desrespeitosa à memória das vítimas do Holocausto”. A equipe também lamentou o episódio e pediu desculpas “a todos os que se sentiram ofendidos” pela publicação da enquete, que no fim da tarde de ontem já havia sido retirada da página online do Grupo Folha.

POLICIAIS BAIANOS CRITICAM A PRIMEIRA UPP

Policiais trabalham em situação precária.

Policiais militares que atuam na ocupação da favela do Calabar, em Salvador, afirmam que estão trabalhando sob más condições, e dizem que há exploração política da iniciativa pelo governo Jaques Wagner (PT).

Policiais do Batalhão de Choque, que trabalham em regime de 12 horas no local, dizem que recebem comida estragada, dormem no chão sujo e argumentam que o governo busca omitir confrontos que ainda ocorrem com traficantes na favela.

A UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) baiana é a principal aposta da gestão Jaques Wagner para reverter o aumento da violência no estado.

O secretário de comunicação do estado da Bahia, Robinson Almeida, afirmou que as críticas dos policiais não têm fundamento algum. Segundo o secretário nunca houve problemas com a alimentação dos policiais que fazem a ocupação.

O diretor-adjunto de Comunicação Social da PM baiana, tenente-coronel Sérgio Baqueiro, afirmou que a tropa que ocupa a favela trabalha em escala de 12 horas, o que não prevê folga para dormir. “A finalidade não é dormir, é policiar”. Sobre as instalações provisórias da base, Baqueiro afirmou que refletem as próprias carências do bairro. “A realidade é que temos que nos adaptar ao terreno”, completou o diretor.

Informações e foto do Último Segundo.

ISRAEL NUNES DESMENTE PROPRIETÁRIA DE AREAL

Procurador explica que por conta própria entregou as imagens à Polícia Federal.

A Polícia Federal vai investigar acusação feita por Linda Souza Sirqueira, sócia-proprietária do Areal Aliança, situado no litoral Sul de Ilhéus, que disse ter sido vítima de coação, feita por agentes da FUNAI. A investigação, iniciada ontem (quinta, 28) é um desdobramento do confronto entre índios da tribo Tupinambá e agentes da PF, ocorrido no dia 05 deste mês (clique aqui).

Durante a manhã dessa sexta-feira (29), mantivemos contato com o Procurador Federal Israel Nunes (AGU), que desmentiu categoricamente a denúncia. Segundo ele, no dia 20, Linda Sirqueira, acompanhada por seu advogado, participou de uma reunião com os agentes da FUNAI, onde, de maneira espontânea, admitiu que os índios jamais praticaram extorsão contra o areal. O encontro, que durou cerca de três horas e trinta minutos, foi gravado com o conhecimento de todos participantes.

Israel explica que após o confronto com a Polícia Federal (no dia 05), a tensão entre índios e os responsáveis pelo areal aumentou, e que o objetivo da reunião era promover a pacificação de uma vez por todas.  “A minha atuação foi como mediador, no sentido de ouvir as duas partes e firmar um acordo”.

No final, Linda Sirqueira, na presença do seu advogado, aceitou assinar um “Termo de Depoimento e Retratação”, onde inocentou os índios Estanislau e Robson da prática de extorsão, inclusive explicando que eles prestavam serviços de “vigilância e guarda” da entrada do areal.

No outro dia (21), ela voltou atrás. Na tentativa de invalidar a sua retratação, se disse vítima de coação e encaminhou denúncia à Polícia Federal. Na verdade, ela pode ter percebido que a “mea culpa” dará origem a um novo processo. Linda Sirqueira denunciou os índios por extorsão, ao voltar atrás, pode ser processada por falsa comunicação de crime.

“Consciente de que em nenhum momento ela foi coagida, através de um ofício, eu mesmo encaminhei as imagens, na íntegra, para auxiliar as investigações”, ressalta o procurador.

Segundo Israel, o fato rendeu interpretações equivocadas. A Advocacia Geral da União (AGU) está colaborando com as investigações, e com o passar do tempo, tudo ficará devidamente esclarecido.

RUY CHAMA SANTANA DE “TIRIRICA DE PICADEIRO”

Ruy Carvalho.

A “Batalha de Quiricós” continua pegando fogo pros lados da “Terra de Gabriela”. Enquanto os itabunenses pouco discutem a proposta do deputado estadual Gilberto Santana (PTN), lideranças políticas ilheenses continuam “detonando” o coronel parlamentar e sua idéia de retirar parte do território de Ilhéus.

Na manhã dessa sexta-feira (29), o prefeiturável Ruy Carvalho, durante entrevista ao radialista Gil Gomes (Rádio Santa Cruz) não economizou nas críticas. Chamou Santana de “Tiririca de picadeiro” e disse que sua proposta é coisa de “passa moleque”.

Opinião do blog.

Ruy também adjetivou Santana de truculento, fato que nos despertou atenção, uma vez que o próprio Ruy também usa da mesma truculência, quando “pessoas corajosas” lhe fazem críticas. Nessa briga não faltam “donos da verdade”.

Ouça os petardos de Ruy para Santana.

 

 

 

IBGE DIVULGA NOVOS DADOS DO CENSO 2010

A população brasileira cresceu, em 138 anos, quase 20 vezes, segundo apontam os resultados do Censo Demográfico 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2010, atingimos a marca de 190.755.799 habitantes. Dados preliminares divulgados pelo IBGE em novembro do ano passado apontavam 190.732.694. Em 1872, quando foi realizado o primeiro recenseamento, éramos 9.930.478.

Os dados fazem parte da Sinopse do Censo Demográfico 2010, divulgada nesta sexta-feira (29) pelo IBGE. O documento, segundo o instituto, apresenta os primeiros resultados definitivos do último recenseamento.

Alguns números divulgados preliminarmente em novembro de 2010 foram ajustados, a exemplo do total da população, com a inclusão de estimativas sobre a população dos domicílios considerados fechados durante a coleta de dados. Os censos demográficos acontecem a cada dez anos.

VEREADOR PROPÕE VISITAS REGULARES AOS DISTRITOS

O vereador Reynaldo Oliveira (PPS), mais conhecido como Zé Neguinho, enviará à câmara municipal de Ilhéus um projeto que prevê visitas regulares de representantes do executivo e legislativo às localidades mais distantes da sede do município.

O “Dia de Campo” prevê uma espécie de inspeção às escolas, postos de saúde e estradas desses distritos. Segundo o parlamentar, é preciso cuidar com mais atenção dessas localidades, ou perderemos espaço para outras cidades, que acabam prestando serviços que competem a Ilhéus.