RUY CHAMA SANTANA DE “TIRIRICA DE PICADEIRO”

Ruy Carvalho.

A “Batalha de Quiricós” continua pegando fogo pros lados da “Terra de Gabriela”. Enquanto os itabunenses pouco discutem a proposta do deputado estadual Gilberto Santana (PTN), lideranças políticas ilheenses continuam “detonando” o coronel parlamentar e sua idéia de retirar parte do território de Ilhéus.

Na manhã dessa sexta-feira (29), o prefeiturável Ruy Carvalho, durante entrevista ao radialista Gil Gomes (Rádio Santa Cruz) não economizou nas críticas. Chamou Santana de “Tiririca de picadeiro” e disse que sua proposta é coisa de “passa moleque”.

Opinião do blog.

Ruy também adjetivou Santana de truculento, fato que nos despertou atenção, uma vez que o próprio Ruy também usa da mesma truculência, quando “pessoas corajosas” lhe fazem críticas. Nessa briga não faltam “donos da verdade”.

Ouça os petardos de Ruy para Santana.

 

 

 



4 responses to “RUY CHAMA SANTANA DE “TIRIRICA DE PICADEIRO”

  1. Gusmão
    Inicialmente não entendi a razão do nome “Batalha de Quiricós”. Fiquei pasmo com a minha ignorância, pois acredito conhecer muito a região e a história. Pensei, meu Deus, o que é Quiricós? O que é isso que eu não sei? Aí lembrei-me do marco e da tal ilha. Você foi genial com esta denominação, digna do Barão de Itararé, que cunhou a expressão “Batalha de Itararé”, aquela que nunca houve. Ora, essa discussão revela o nível de empobrecimento da política regional e o nível de despreparo intelectual dos nossos políticos, entre eles, Ruy, que a cada dia se revela um “pastel de vento”. Sem deixar de mencionar o vereador Quebra-queixo; a freira Carmelita Calçada e demais consortes, todos pongando no factóide do Cel.deputado.Dentro dos seus limites intelectuais, o Cel. Santana tenta construir uma bandeira para credenciar-se como candidato a prefeito de Itabuna, seria o defensor do espírito itabunense, ele procura ser o líder de uma suposta mentalidade que crer existir na população da cidade vizinha, mais do que mentor ele também é vítima do seu senso. Os políticos de Ilhéus igualmente surfam na despolitização, buscando colher dividendos eleitorais. Bufões respondendo a um bufão, com a gravidade de fazerem, justamente, o que ele deseja e precisa,palco, repercussão. Infelizmente, ninguém abordou o despropósito da proposta do ponto de vista político, jurídico, etc. A peça de folhetim está montada sem faltar nada, tem atores, denominação e enredo. Estamos numa nau de insensatos.
    Aydano Ferraz

  2. Mais uma vez Ruy exibe a sua mentalidade preconceituosa. Tiririca pode ser palhaço de profissão, mas elegeu-se conforme as regras do sistema eleitoral.Usou um marquetingue tão legítimo como outros, quem votou nele votou porque quiz, expressou a sua vontade por qualquer motivo que seja.Ruy, mais uma vez, prova ser de uma pessoa que se pauta pelos preconceitos políticos da classe média paulistana, tão bem expressados na Folha de São Paulo.
    Vila Rica

  3. Acredito que o mais apropriado seria uma delícia de minha infância, semelhante a um pastel, porém com uma tentadora doçura por fora, o que lhe garante certo poder de sedução.
    Mas por dentro…

    DR. CAVACO!!!

  4. E este senhor Ruy pretende ser prefeito de Ilhéus? Tá louco! Quanto ao assunto Salobrinho continuo batendo na mesma tecla: consúlte-se o principal interessado que é o povo desse distrito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *