CURSO DE SHANTALLA EM ILHÉUS

A Escola Mondrián traz para Ilhéus, pela primeira vez, aulas com técnicas de Shantalla, uma milenar massagem para bebês.

O curso começa nesse mês, na sede da Mondrián, com turmas aos sábados (dias 21 e 28), sempre a partir das 8h. A Terapeuta Corporal Ayurvédica, Rita Barros, especialista na técnica vai ministras as aulas.

As massagens com técnicas de shantalla proporcionam ao bebê o enrijecimento da musculatura, desenvolvimento das articulações, fortalecimento do vínculo mãe e filho e do sistema imunológico, além de outros benefícios.

Os interessados podem se inscrever pelo telefone (73) 3231-2352.

HISTORIADOR PUBLICA LIVRO SOBRE OS 50 ANOS DE BARRO PRETO

A Mondrongo Livros lança nesta segunda-feira, dia 16, o livro “Da Pedra Lascada ao Barro Preto”, do historiador César Chaves, que faz um resgate da história da sua cidade natal, Barro Preto, que completa nesta segunda-feira, dia 16, 50 anos de emancipação política. César Chaves é graduado em História pela UESC e pós-graduado em Metodologias da História pelo Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão – IBPEX.

Em “Da Pedra Lascada ao Barro Preto” o autor apresenta um pouco da história da cidade, acontecimentos de importância fundamental. Trata-se do primeiro registro metodológico, didático e sem pragmatismo, a se tornar livro, um verdadeiro demonstrativo da construção lenta de uma comunidade simples, sem glamour ou eventos fabulosos, porém com forte sentimento de fraternidade e comprometimento entre seus membros.

(mais…)

MAIS UM ATAQUE DE CONTRADIÇÕES

Só Ruy entende Ruy.

O pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo PRB, Ruy Carvalho, concedeu entrevista ao programa O Tabuleiro (Rádio Conquista) na manhã dessa sexta (13).

Ruy falou principalmente de política. Afirmou que não fará alianças com o ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP) e fez uso do seu estoque de contradições quando o assunto foi o PT de Ilhéus.

Na conversa, o médico não poupou críticas à legenda nem ao seu principal líder na cidade, o secretário de governo, Ednei Mendonça. 

Minutos depois,  usando de sua contradição habitual, o prefeiturável afirmou que o PT pode ser um bom aliado nas eleições e cogitou a Professora Carmelita como sua vice. Difícil entender! Criticou o marido, mas quer o apoio da esposa.

No fim da entrevista, Ruy fez uma declaração sincera e inábil, afirmando que se eleito, a caneta estará unicamente com ele.

Fica uma pergunta: qual partido fechará acordo com um candidato que pretende monopolizar o poder?

SKY VAI PATROCINAR FESTIVAL EM HOMENAGEM A JORGE AMADO

A operadora de TV por assinatura Sky será a patrocinadora do Festival “Amar Amado”, que marcará as comemorações pelo centenário de nascimento do escritor Jorge Amado.

O evento será em Ilhéus, em agosto e promete reunir música, teatro e literatura em torno das obras de Jorge.

A empresa já realizou reuniões com os organizadores do festival e com a prefeitura, mas ainda não definiu os termos do patrocínio.

Em tempo: A produtora paulista que vai realizar o festival foi autorizada pelo Ministério da Cultura a captar, via Lei Rouanet, 2,8 milhões de reais para tocar o projeto. Dinheiro não vai faltar.

BAMIN NÃO É DONA DO MINÉRIO BAIANO, LEMBRA RUI COSTA

Rui Costa.

Durante a visita de ministros às obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), na segunda (09), o presidente da Bahia Mineração, Francisco Viveiros, disse que 2014 é o prazo limite para o Porto Sul ficar pronto. Segundo ele, ultrapassando essa data, complica os planos da empresa.

As palavras de Viveiros repercutiram e não foram bem digeridas pelo secretário da Casa Civil do governo baiano, Rui Costa, que as considerou “polêmicas e intimidatórias”.

Rui disse, segundo o JBO, que declarações como essa não contribuem para a resolução dos problemas enfrentados pelo projeto.

O chefe da Casa Civil devolveu as cornetadas e lembrou que a Bahia Mineração não é dona do minério baiano. “Isso pertence ao povo da Bahia. Ela é dona apenas de uma concessão para a extração deste minério”, concluiu.

CASOS DE DENGUE DIMINUEM EM ILHÉUS

Os casos de dengue em Ilhéus caíram cerca de 40% em 2012. Segundo o A Região, entre primeiro de janeiro e ontem (quinta-feira, 12) foram notificados 190 casos, no mesmo período do ano passado foram 252 ocorrências.

Os bairros com mais casos registrados estão o Malhado (43) e Teotônio Vilela (25).

Foram confirmados seis casos de dengue hemorrágica e nenhuma morte pela doença.

TRANSPORTE AQUAVIÁRIO VOLTA À PAUTA

A câmara de vereadores de Ilhéus retoma ainda esse ano as discussões sobre a exploração do sistema de transporte aquaviário na cidade. O assunto foi ressuscitado pelo vereador Alcides Kruschewsky (PSB).

Do gabinete de Alcides deve sair um projeto que regulamenta a exploração, uma das soluções para desafogar o trânsito e o sistema de transporte público, alvo de pesadas críticas da população.

Uma audiência para discutir o tema será marcada assim que o projeto ficar pronto.

AUGUSTO JR ESCREVE DO PRESÍDIO – REFLEXÕES DO CÁRCERE

Carta escrita pelo soldado Augusto Júnior, que liderou a greve da polícia militar, em Ilhéus, no mês de fevereiro.

Augusto Júnior.

Na contramão do que faria a maioria das pessoas jogadas na prisão, me vi obrigado a refletir sobre esse lugar que aqui estou. Os efeitos que esperam e os efetivamente causados com a minha condução a esse lugar nefasto, onde não desejo que os meus piores inimigos passem, se é que os tenho. Nessas reflexões, cheguei a algumas conclusões, que por questões óbvias não esgotarei nessa carta. Qual o escopo genérico da prisão? Uns afirmam que essa serve para arrancar o “mal” do seio da sociedade, outros que é o meio para penalizar os que andam a margem da lei, haverá ainda os que dirão que essa serve para ressocializar o apenado.

Todas as assertivas acima podem até está correta, depende de quem as avalia, mas quero chamar atenção para a gravidade da prisão, ela é muito mais nociva quando deixa de ser gênero e passa a ser espécie, e sobre esse prisma quero refletir. A prisão militar do ponto de vista pragmático, ela difere muito da prisão genérica, é certo que a prisão militar não extirpa “o mal” da PM, pois muitos estão presos, tantos outros estiveram presos como os diretores da Aspra e os índices de violência policial só aumentam.

(mais…)

VAI DEIXAR SAUDADES

Fábio Magal.

O pré-candidato a vereador Fábio Magal (PSC) foi exonerado da 6ª Dires (Diretoria Regional de Saúde) em Ilhéus, onde era administrador.

O cargo era de indicação da deputada estadual Ângela Sousa, agora pertence ao sindicalista Bebeto Galvão.

A exoneração não agradou os funcionários da Dires, já que Magal era admirado pela maneira sempre educada e amável de tratar os colegas.

Na despedida, Magal fez questão de abraçar um por um, deixando muitos emocionados.