CRIME AMBIENTAL NA VILA JUERANA

Um paraíso ameaçado.

Na Vila Juerana, zona norte de Ilhéus, há um santuário da natureza conhecido com “Barra de Abelar”, onde pode ser encontrada vida silvestre, além de um grande lago que garante o sustento de famílias o ano todo.

A variedade de peixes no lago, com mais de 3 quilômetros, chama a atenção de todos e despertou a ambição de um grupo que no último fim de semana tentou abrir um canal para secar o lago e facilitar a captura dos peixes.

A ação já se repetiu em outros anos e sempre gerou transtornos para a comunidade, que fica sem fonte de renda.

Mas dessa vez, um mutirão encabeçado pela Associação de Moradores da Vila Juerana (Amorviju) impediu a ação do grupo, fechando o canal por onde a água escoava.

O crime ambiental já foi denunciado aos órgãos responsáveis, que vão apurar os fatos.



One response to “CRIME AMBIENTAL NA VILA JUERANA

  1. É O VERDADEIRO ABSURDO O QUE QUEREM E SEMPRE FIZERAM COM ESTA LAGOA, O PIOR É QUE A POPULAÇÃO DENUNCIA E AS NOSSAS AUTORIDADES NUNCA TOMARAM UMA PROVIDÊNCIA. CADÊ OS AMBIENTALISTAS DE PLANTÃO QUE QUEREM IMPEDIR O DESENVOLVIMENTO DA CIDADE? PORQUE NÃO VÃO DENUNCIAR TAMBÉM ESTE ABSURDO. CADÊ O IBAMA, IMA E TANTOS OUTROS ORGÃOS DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *