MINISTRO DO STF LAMENTA CONTINUIDADE DA GREVE DOS PROFESSORES

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), cassou na noite de ontem (quinta, 28) a decisão que considerou a greve dos professores na Bahia ilegal e lamentou a continuidade do movimento.

“Trata-se de fato de todo lamentável, considerando-se, sobretudo, que o movimento grevista ora mencionado já perdura por quase três meses, sendo certo que a judicialização do conflito deveria se mostrar caminho seguro para uma desejável conciliação entre as partes”, diz o ministro.

A greve completou nessa sexta (29) 80 dias.



One response to “MINISTRO DO STF LAMENTA CONTINUIDADE DA GREVE DOS PROFESSORES

  1. Essa greve ja não é mais de competencia da justiça e nem das questoes politicas partidarias, ja ta mais do que claro que é o povo e a sociedade organizada e os movimentos sociais e sindicais que necessitam acordar e ir para as ruas e nao so para parar essa situação vergonhosa e vexatoria dos nossos educadores e pais de familias, mas para exigir o impedimento desse déspota arrogante que age como se fosse o dono do governo da Bahia. Esse galego judeu carioca, ja deu provas que é do tipo político do finado Ariel sharon que atira contra crianças e idosos palestinos e demonstra total incompetência para fazer proposiçaõ e dialogar civilizadamente com os trabaladores do nosso estado. Os politicos precisam acordar, a Bahia estar anestesiada diante da imbecilidade desse estrangeiro que faz tanto mal ao nosso estado. Vamos acodar, fora Jaques Wagner. IMPEDIMENTO PARA ESSE CAHHORRO RAIVOSO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *