MAURÍCIO MARON EXPLICA

Gusmão.

Há alguns equívocos na nota publicada pelo blog a respeito da equipe de comunicação da candidata Carmelita Ângela à prefeitura de Ilhéus.

Poderia ter evitado isso, caso tivesse nos procurado para apurar a informação chegada à sua redação.

O primeiro equívoco está ao identificar a jornalista Renata Smith como funcionária da Unime. Ela não pertence mais aos quadros da instituição, por conta de uma decisão pessoal e de vida.

Outra informação equivocada. Ela não integra a equipe da campanha da professora. Para ainda reforçar o meu desmentido gostaria de informar-lhe que, neste momento, a jornalista encontra-se afastada de todas as suas atividades profissionais, por conta de uma licença-maternidade, iniciada há um mês.

De correto na nota publicada, está o fato de que tenho este compromisso com a professora e a campanha até o final deste mês. Apesar de oportunidades fora daqui, me sentirei profissionalmente valorizado e feliz caso cheguemos a um acordo para seguir trabalhando para e pela candidatura dela.

Obrigado.



4 responses to “MAURÍCIO MARON EXPLICA

  1. Parabéns mauricio maron, sabemos que vc e renata são jornalistas sérios. Eu tenho minhas restrições a blogs pq não são muito cuidadosos em checar a noticia antes de serem divulgadas, e na maioria as vezes denegrem a imagem de pessoas. No afã de darem as noticias, não têm o cuidado de checar e jogam muitas besteiras na mídia e também casos complicados que mancham imagens de pessoas inocentes.Tudo em nome da liberdade de imprensa. O grande problema é que aqui no Brasil ainda não aprendemos o que seja democracia, o melhor dos regimes. Ainda confundimos com desrepeito às pessoas.

  2. Oziel Aragão, vc é um anônimo que utiliza indevidamente o nome de um profissional de imprensa de Itabuna.

    As informações que publicamos saíram de pessoas ligadas à Vereadora Carmelita.
    Tudo foi devidamente checado.
    Renata Smith, minha professora na UESC, faz parte da assessoria parlamentar da vereadora Carmelita.
    Esse assunto está encerrado.

  3. Sério é porque não dá risada? Poderia dizer competentes, compromissados com a notícia factual, etc. O tal do Oziel poderia fazer restrições à nossa mídia comercial, tipo Veja, Estadão e outras que dão opiniões como notícias e não checam nada. Usam as notícias para os seus interesses empresariais e para imprensar políticos. Muitos blogs também fazem isso, mas foram eles que quebraram as mentiras da grande mídia. Democracia é complicada em todo lugar e esse cara confunde liberdade de imprensa ( de imprimir) com liberdade de expressão, conceito muito mais amplo. Gusdmão você é 10. Parabéns.
    Ademan Silva.

  4. Gusmão, cuidado com os dois poços de vaidade.
    A sua nota meramente informativa lhe renderá ódio gratuito e infantil.
    Deixe isso pra lá meu caro!

Comentários fechados