BRUNO VIRA GARÇOM NO PRESÍDIO

Bruno.

O ex-goleiro do Flamengo, Bruno Souza, está há dois anos preso e vai se adequando à rotina do presídio Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Minas Gerais.

No presídio, Bruno, que espera o julgamento pelo assassinato de Eliza Samudio (sua ex-namorada), é o responsável por servir o café da manhã de seus companheiros da prisão e depois do café, inicia a faxina no presídio.

Pelos serviços, ele recebe 75% de um salário mínimo por mês, cerca de R$ 470,50.

O goleiro foi indiciado por homicídio triplamente qualificado, sequestro, cárcere privado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores. Eliza está desaparecida desde junho de 2010.

Segundo o site SRZD, o ex-camisa 1 do Flamengo não costuma falar nem ver futebol, agora é evangélico e recebe visitas semanais das duas filhas e de sua namorada, enquanto espera o julgamento.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *