MÉDICOS DO SAMU AMEAÇAM PARAR ATIVIDADES EM ITABUNA

Itabuna pode ficar sem os serviços de emergência do SAMU nos próximos dias.

O motivo é simples: a prefeitura ainda não quitou os salários dos médicos concursados e contratados, entre eles, os socorristas do SAMU.

A categoria promete para amanhã (terça, 17) uma paralisação de advertência, reivindicando os salários que deveriam ser pagos até o quinto dia útil desse mês.

Os médicos ameaçam entrar também com uma representação no Ministério Público.

RECEITA FEDERAL ABRE 950 VAGAS EM CONCURSOS

A Receita Federal abre nesta segunda-feira (16) as inscrições dos concursos públicos para 950 vagas de analista-tributário e auditor-fiscal.

Os salários são de, respectivamente, R$ 7.996,07 e R$ 13.600. São 750 vagas para analista-tributário e 200 para auditor. Os candidatos devem ter nível superior em qualquer área.

Para os dois cargos, as inscrições devem ser feitas entre os dias 16 e 29 de julho pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa é de R$ 100 para analista e R$ 130 para Auditor-fiscal.

A primeira etapa é composta por prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos, prova objetiva de conhecimentos específicos II e prova dissertativa. A segunda etapa é composta de sindicância da vida pregressa.

As provas objetivas estão previstas para os dias 15 e 16 de setembro nas 26 capitais dos estados e em Brasília.

A POLÍTICA BRASILEIRA

Por Jamal Padilha

Isso não ocorre apenas em São Paulo e Brasília, predomina em todo Brasil.

Os desvios de conduta, as roubalheiras, etc.; deixaram de constituir ocorrências episódicas e passaram a predominar como metodologia única no exercício e pratica políticas.

A política brasileira, como julgam alguns, não vive um momento atípico; conforme demonstram o estranhamento e a indignação de todos os brasileiros com fatos recentes reprisados da nossa história. Apropriar-se de forma espúria do erário público em benefício próprio, passou a ser tão trivial quanto registrar uma candidatura no TRE: Apenas uma candidatura! Nada se perde.

Estamos vivenciando um estado de consensualidade, condescendência e mútuas tolerâncias que, juntas, tornam impossível separar réus de vítimas; acho que somos todos, povo e políticos, os réus na materialidade desses delitos.

(mais…)

O DESEMPENHO DO VEREADOR BEL DO VILELA

“Bel do Vilela”: 8 projetos.

Nessa segunda-feira (16) o Blog do Gusmão vai detalhar a atuação do vereador Gilberto Souza (PSD) nos últimos três anos de mandato (2009-2011).

Mais conhecido como Bel do Vilela, se elegeu pelo PSDC e trocou de partido no fim de 2011, migrando para o PSD.

Nos 36 meses de atuação analisados pelo Instituto Nossa Ilhéus, Bel não tirou licença e foi o autor de oito projetos de lei aprovados pelos colegas. O relatório completo do INI você confere clicando aqui.

Entre as iniciativas, a metade reconheceu entidades como de utilidade pública. Foram beneficiadas a Organização Não Governamental Amparo Melhor; Associação dos Moradores do Bairro Novo Ilhéus; ONG Cultural Maktub Performances; Associação Beneficente dos Moradores de Rua.

Nos outros projetos, Bel propôs e conseguiu aprovar o aumento no valor das diárias concedidas a vereadores e funcionários do legislativo e executivo.

Em 2009, alterou a lei que rege a Política Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. No mesmo ano, apresentou outros dois projetos. Um que trata do conselho de esportes do município e criou a Escola Pública de Trânsito de Ilhéus.

Na comissão de defesa do consumidor, Bel e os vereadores Marcos Flávio e Tarcísio Paixão aprovaram projeto que prevê sanções contra bancos que descumprirem o prazo mínimo de espera para atendimento ao cliente. 

Ao lado dos doze colegas, assinou três projetos que modificaram o plano de cargos e salários dos servidores da casa.

O que o leitor-eleitor acha do desempenho de Bel do Vilela, que tenta a reeleição esse ano? Comente.

PARANÁ: DUAS CIDADES TERÃO ELEIÇÕES SEM BARULHO E MUROS PINTADOS

Em duas cidades do Paraná, Matinhos e Pontal do Paraná, um acordo assinado entre os candidatos ao legislativo e executivo vai garantir a paz da população durante as eleições desse ano.

Os candidatos não podem usar carros de som nem pintar muros. Também foi acordado a proibição da boca de urna no dia da eleição.

As restrições foram confirmadas em um termo de compromisso firmado na quinta (12) por representantes de coligações, e, segundo o site do Tribunal de Justiça do Paraná “acolhido” pelo juiz eleitoral Rodrigo Brum Lopes e a representante do Ministério Público Eleitoral, Carolina Dias Aidar de Oliveira.

LIXO NAS RUAS E MUITA RECLAMAÇÃO

Sobraram reclamações de moradores de Ilhéus sobre a falta de coleta de lixo no fim de semana.

Em vários pontos da cidade o material se acumula e causa transtornos.

A coisa pode piorar.

O sindicato dos trabalhadores na limpeza pública de Ilhéus não descarta uma paralisação da categoria, reivindicando melhorias nas condições de trabalho.

A pauta de reivindicação completa você confere aqui.

JABES E CARMELITA ATACAM NAS REDES

Os dois principais candidatos a prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro (PP) e Carmelita Ângela (PT), já atacam com todo o gosto nas redes sociais.

Os postulantes possuem perfis no facebook e por lá interagem com o eleitorado virtual.

A página de Carmelita, criada um pouco antes do início da campanha, pode ser acessada clicando aqui. A de Jabes, mais recente, você vê aqui.

INCÊNDIO ATINGE PRÉDIO DO INSTITUTO DO CACAU

Do G1

Foto: G1.

Um incêndio atingiu o prédio do Instituto do Cacau, no bairro do Comércio, em Salvador, na manhã desta segunda-feira (16). Uma funcionária do local, que não quis se identificar, informou que as chamas começaram no 3º andar do edifício. “Percebemos a fumaça no local e alguns ruídos, então descemos correndo pela escada”, conta.

O prédio foi evacuado e os serviços suspensos, como o posto do SAC que funciona no primeiro andar. Não há informação de feridos. Um homem foi resgatado da cobertura do prédio por um helicóptero da Polícia Militar. Uma equipe do Corpo de Bombeiros atuou no combate às chamas.

SINE INSCREVE PARA CURSOS PROFISSIONALIZANTES

Observando as potencialidades de cada região, a secretaria estadual de emprego e renda abre, nessa segunda-feira (16), inscrições para 220 vagas nos cursos do Plano Territorial de Qualificação (Planteq).

As inscrições podem ser feitas no posto do Sine em Ilhéus, que fica na unidade do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). O público alvo são maiores de 18 anos que estejam fora do mercado e residam na região.

O objetivo do programa é inserir a população local na execução de grandes investimentos que podem chegar à região, como o Porto Sul e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste.

Em Ilhéus, existem os seguintes cursos: auxiliar de copa (22 vagas exclusivas para deficiente físico), eletricista de instalações de prédios (44 vagas divididas em 2 turmas), pedreiro polivalente (44 vagas e 2 turmas), montador de andaime, almoxarife, auxiliar administrativo, caldeireiro, operador de produção, soldador. Para os últimos cursos, são disponibilizadas 22 vagas.

Os interessados devem se apresentar no Sine com RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência. O programa oferece transporte para os alunos, além de lanche e material didático.

ONDE ESCONDERAM MÁRIO ALEXANDRE?

No perfil de Carmelita no facebook, ela aparece ao lado de Dilma Rousseff. A presidente já afirmou que vai manter distância das eleições desse ano.

Tem chamado a atenção, principalmente nas redes sociais, a ausência de Mário Alexandre (vice) nos atos de campanha da chapa de Carmelita Ângela (PT).

Marão, também vice do prefeito Newton Lima (PT), padrinho de Carmelita, não deu a cara na primeira caminhada petista, na última sexta (13).

Além disso, a coordenação da campanha divulga mais imagens de Carmelita ao lado da presidente Dilma Rousseff que ao lado de Mário Alexandre.

Nas redes sociais, quem se aventura a procurar uma montagem com candidata e vice juntinhos está topando uma missão quase impossível.

DESEMPENHO DA BASE PREOCUPA WAGNER

Os resultados de pesquisas sobre a sucessão em cidades importantes, encomendadas por respeitados visitantes do Palácio Ondina, não agradaram a cúpula do PT.

Segundo o colunista Jairo Costa Jr, do Correio, o desempenho fraco dos partidos da base do governo em Itabuna e Conquista fez o sinal amarelo ser acionado.

As pesquisas indicaram uma trajetória de queda das intenções de votos para os prefeituráveis alinhados ao governo.

A responsabilidade, segundo o colunista, pode ser creditada totalmente ao desgaste do governo diante da longa greve dos professores, que nunca chega ao fim.

Atrás de uma solução para tirar o freio eleitoral de seus aliados, os capas preta pediram o auxílio de marqueteiros e publicitários. Querem deixar prontos antídotos antes que a campanha esquente.

POR QUE OPÇÃO DE CRIANÇA POBRE AO TRABALHO É ROUBO OU PROSTITUIÇÃO?

Por Malu Fontes

Diferentemente do ‘Na moral’, de Bial, anunciado com estardalhaço pela Globo como um programa inteligente e na prática um saco de vento chinfrim, o já consolidado Profissão Repórter, conduzido por uma das unanimidades da casa, Caco Barcelos, embora espremido na grade, pouco ou nada divulgado e sem tempo, sempre consegue em meio a todas as essas agruras, tirar leite de pedra. Duas edições recentes do programas foram aulas de bom jornalismo sobre temas invisíveis, aqueles que a imprensa pouco dá atenção e o telespectador menos ainda.

Logo após a confissão do assassinato do empresário Marcos Matsunaga pela mulher, Elize, e com o propósito de evidenciar o quanto a cobertura de crimes passionais e de gênero, ou de quaisquer formas de violência doméstica, por parte da imprensa, obedece, sim, sempre, a vieses de gênero e de classe, o Profissão Repórter levou ao ar um programa sobre casos semelhantes e invisíveis na imprensa de homens e mulheres que mataram ou que morreram em circunstâncias de passionalidade semelhante e não mereceram uma linha nos jornais nem um segundo na TV. Ou seja, se os envolvidos são ricos, de classe média, brancos, famosos ou apenas se vivem em grandes centros urbanos e desfrutam de modos de vida privilegiados, a garantia de uma cobertura ampla, irrestrita e que dura dias nos telejornais é certa. Já se os envolvidos são homens e mulheres pobres que vivem como ratazanas escondidos na pobreza de suas vidas de quinta e habitando favelas aonde as câmeras não chegam ou em zonas rurais do chamado Brasil profundo, a televisão sequer toma conhecimento.

(mais…)