TEODORICO MAJESTADE CHEGA AO 20º ASSENTAMENTO

Peça continua agradando a comunidade do campo.

A comunidade de Dom Helder, em Ilhéus, será o vigésimo assentamento a se divertir com a comédia Teodorico Majestade, as últimas horas de um prefeito. A apresentação acontecerá na tarde deste domingo (22) e será uma das últimas do projeto. “Quando iniciamos a turnê, pensamos que 22 localidades era um número grande. Agora, vimos quão rica foi a experiência e quantas outros lugares poderíamos ter visitado”, declarou o diretor do Teatro Popular de Ilhéus, Romualdo Lisboa.

O projeto Teodorico – Circulação em Territórios de Assentamentos começou efetivamente em 27 de maio deste ano. Antes das apresentações, foi oferecido um curso de produção cultural para representantes das comunidades rurais. Até o momento, já foram realizadas apresentações em assentamentos de Ilhéus, Una, Canavieiras, Santa Luzia e Itacaré. Os últimos visitados foram Fazenda Rochedo, São Bento e Nova Galícia.


Na Fazenda Rochedo, a apresentação aconteceu na tarde de sexta-feira (13). Localizada entre Ilhéus e Uruçuca, a comunidade possui 29 famílias. Segundo o produtor local, Jaquisson de Jesus Silva, nunca um grupo de teatro profissional havia se apresentado por lá. “Foi surpreendente. Nós temos pessoas que têm vontade de fazer teatro também e a peça serviu para reforçar esse desejo”, disse.

As apresentações de Teodorico Majestade pelos assentamentos também está ajudando a combater estigmas e desmistificar o teatro. O assentado Valdeci Barros Santos, da Fazenda Rochedo, confessou que a peça acabou com a imagem negativa que ele tinha em mente. “Eu vim assistir sem saber se eu iria gostar. Mas foi bom que eu me diverti e acabou com meu preconceito”, revelou.

O assentamento São Bento recebeu o Teatro Popular de Ilhéus na tarde de sábado (14). A comunidade fica próxima ao distrito de Japu, em Ilhéus, e possui 16 famílias. Para a produtora local, Eliene Coutinho, o espetáculo ajudou a ampliar sua visão sobre o teatro, já que, na comunidade, apenas crianças e adolescentes se interessam pela arte de representar.

Em Nova Galícia, Teodorico Majestade foi recebido no domingo (15). A produtora local, Clécia Batista Magalhães, mobilizou a comunidade para assistir a peça na escola do assentamento, sob uma pequena barcaça. Mesmo com a chuva, o público compareceu e se divertiu com a ação inédita no assentamento de 30 famílias. “A experiência foi maravilhosa. Tivemos um dia diferente, aproveitando o contato com algo novo”, afirmou.

O projeto Teodorico – Circulação em Territórios de Assentamentos deverá ser concluído ainda na próxima semana. A iniciativa é financiada pelo Prêmio Procultura de Estímulo ao Circo, Dança e Teatro, da Fundação Nacional de Artes (Funarte). A ação conta com apoio da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Assessoria Técnica Social e Ambiental (Ates), vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Agrário, Coopercentrosul e Instituto Floresta Viva.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *