ILHÉUS: APÓS MORTE DE CRIANÇA, FAMÍLIA RECLAMA DE FALTA DE MÉDICO E EQUIPAMENTO

Uma família de Ilhéus denuncia a morte de uma criança por falta de atendimento adequado no hospital regional.

João Victor Ribeiro, 10 anos, morreu na quarta-feira (18) após uma cirurgia. Segundo os parentes da criança, houve demora para fazer um exame e a operação que poderiam salvá-lo.

Ao G1, familiares disseram que no Hospital Regional Luís Viana Filho, onde ele foi atendido, a máquina de tomografia estava quebrada e não havia neurocirurgião de plantão.

No último domingo (15), o menino caiu do telhado de um galpão onde foi pegar um brinquedo. A queda de uma altura de 5 metros machucou bastante e ele foi socorrido pelo SAMU.

A criança precisava do exame para depois ser submetido ao procedimento cirúrgico. Mas, segundo parentes, o exame demorou para ser feito.

O diretor técnico do hospital, Gustavo Cunha, afirmou que não tinha vaga na UTI e que a sala onde fica o tomógrafo passa por obras, impossibilitando o atendimento.

Só dois dias depois de chegar ao hospital, João Victor foi operado, mas já era tarde e ele faleceu na quarta-feira (18).



2 responses to “ILHÉUS: APÓS MORTE DE CRIANÇA, FAMÍLIA RECLAMA DE FALTA DE MÉDICO E EQUIPAMENTO

  1. ta uma vergonha nao tem maqueiro quando vc chegar com um paciente ninguem ajuda vc pegar e muitos ainda que trabalha fazem pouco dais pessoas e isso ta uma vergonha mais e a cidade a terra da gabriela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *