CARMELITA CAMINHA NO POVOADO DE PIMENTEIRA

Carmelita caminhou pelas ruas do povoado.

Numa visita ao povoado de Pimenteira, na tarde dessa segunda (23), a prefeiturável Carmelita Ângela (PT) destacou a necessidade de mais investimentos visando a melhoria das estradas, do atendimento médico e odontológico e da educação para a população do campo.

Durante a visita, a candidata do prefeito Newton Lima (PT) falou do seu programa de governo para a cidade, que tem como um dos pontos importantes a melhoria da qualidade de vida para os moradores da zona rural, garantindo obras e serviços no interior e possibilitando o escoamento da produção agrícola.

Um dos pontos defendidos por Carmelita foi a melhoria das estradas vicinais. De acordo com ela, os investimentos no interior devem começar com a melhoria e manutenção das estradas, para garantir não somente o direito de ir e vir dos moradores, como também o escoamento da produção.

MINÉRIO, PETRÓLEO E OS NOVOS INCONFIDENTES

Por Antonio Anastásia

Petróleo dá bem mais royalties do que minério. Em 2011, o RJ levou R$ 6,9 bi; MG, só R$ 181 milhões. Mas minério também é finito, também é “safra única”

A Inconfidência Mineira legou aos brasileiros um dos mais vigorosos pilares na formação da nacionalidade. Seus líderes tornaram-se ícones da luta pela liberdade e pela independência. Dessa maneira, é muito apropriado buscar inspiração em 1789 para o movimento Justiça Ainda que Tardia, que lançamos recentemente e cujo nome homenageia a bandeira dos inconfidentes.

Nosso combate de hoje busca maior compensação financeira pela exploração de recursos minerais.

Há, atualmente, uma grande disparidade entre os royalties do petróleo e do minério, o que prejudica Estados como Minas Gerais e Pará, com atividade mineradora intensa.

Enquanto, em 2011, os royalties e participações especiais referentes ao petróleo alcançaram a soma de R$ 25,8 bilhões, o valor arrecadado com a Contribuição Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) foi de apenas R$ 1,54 bilhão.

(mais…)

LIXO NA ZONA SUL

Na zona sul de Ilhéus, próximo à AABB, a coleta de lixo não ocorre há dias. Segundo um morador, a cada dia o serviço só piora na região.
Apesar da coleta ser “capenga” em algumas áreas da cidade, os contratos firmados entre a prefeitura e a Solar Ambiental somam valores absurdos. A foto é do último sábado (21).

“SE EU NÃO ELEGER MEU IRMÃO, SEREI UM BURRO”

Ronaldo Lavigne: recursos do SUS o impedirão de ser burro.

O secretário de saúde de Ilhéus, Ronaldo Lavigne, está disposto a mover “céu e terra” para eleger o irmão vereador.

Numa reunião na secretaria de saúde, o secretário teria dito que se Roland não vencer a eleição para a câmara, ele, Ronaldo, passará por uma metamorfose.

Sua condição de ser humano será substituída pelo estado natural de um quadrúpede, fruto do cruzamento de uma égua com um jumento.

Para não bancar o burro, Ronaldo transformou a clínica de Roland, a Vidamedi (bancada com recursos do SUS), em “comitê de campanha”.

Em Ilhéus tudo é possível! Um irmão injeta recursos do SUS na clínica do outro irmão, com objetivos eleitorais, e ninguém diz nada.

O DESEMPENHO DO VEREADOR ZÉ NEGUINHO

Zé Neguinho: uma licença médica e 5 projetos.

Nessa segunda-feira (23), o Blog do Gusmão mostrará como o vereador Reynaldo Oliveira (PPS) contribuiu para melhorar o dia-a-dia de Ilhéus.

Mais conhecido como Zé Neguinho, o vereador ficou um mês afastado do trabalho nos últimos 3 anos (2009-2011), segundo levantamento do Instituto Nossa Ilhéus.

Nesse período, foi o autor de cinco projetos de lei aprovados por seus colegas. Desses, três reconheceram entidades como de utilidade pública.

As seguintes entidades foram reconhecidas: Associação Empresa Junior de Engenharia de Produção e Sistema; Associação de Pais e Alunos do Município de Ilhéus; Igreja Triunfante em Cristo Jesus.

Os outros projetos mudaram nomes de ruas. Como o que dá nova denominação à Avenida Central, no Jardim Savóia, que agora é “Avenida Coronel Fonseca”; denominou de Avenida Professor Milton Santos a artéria conhecida como Avenida Petrobras, situada entre os altos da Boa Vista e Tapera.

Junto aos colegas, assinou três projetos que modificaram o plano de cargos e salários dos servidores da casa.

O que o leitor-eleitor acha do desempenho de Zé Neguinho, que concorre à reeleição esse ano? Comente.

NINGUÉM QUER SABER DE PESQUISAS

Com a disputa nitidamente polarizada entre Jabes Ribeiro (PP) e Carmelita Ângela (PT), as coordenações de campanha ainda não manifestam interesse em medir a aceitação de seus coordenados.

Nenhum dos dois lados pensa em fazer pesquisa de intenção de votos, ainda mais faltando muito tempo para as eleições.

No ninho jabista, a alegação é que o candidato estaria bem e não precisaria de consultas agora, é melhor deixar o barco navegar sozinho.

No lado petista, o argumento é o inverso.

Carmelita não estaria aparecendo bem nas consultas internas, segundo analistas, e seria melhor deixar as pesquisas escondidas embaixo de algum tapete do Palácio Paranaguá.

CORREGEDORIA DO CNJ FAZ INSPEÇÃO EM ILHÉUS

A Corregedoria Nacional de Justiça, braço do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), começou na manhã desta segunda-feira (23) uma série de inspeções em tribunais de justiça da Bahia.

Juízes-auxiliares, servidores do CNJ e auditores, compõem a equipe de inspeção, que vai visitar varas, juizados, cartórios extrajudiciais, secretarias e gabinetes do órgão, além de se reunir com magistrados e servidores em Salvador e no interior do estado.

Nessa segunda, a capital baiana será visitada e amanhã (terça, 24), será a vez de Ilhéus, Juazeiro e Vitória da Conquista.

O objetivo da ação é verificar o cumprimento das medidas propostas em inspeções anteriores e também identificar dificuldades encontradas no serviço para que o grupo de inspeção proponha novas soluções. A primeira inspeção foi feita em setembro de 2008.

Nos fóruns locais, a Corregedoria Nacional também orientará a população sobre como dar entrada em pedidos para o Conselho Nacional de Justiça a respeito do funcionamento da Justiça. O atendimento será prestado até quinta-feira (25), das 10h às 17h.

AGU DE OLHO NO USO DE SIGLAS DE ÓRGÃOS PÚBLICOS NAS ELEIÇÕES

A Advocacia Geral da União vai fechar o cerco contra candidatos que usam siglas de órgãos públicos anexados aos nomes para disputar as eleições desse ano.

A AGU estima que 210 candidatos em todo o Brasil recorrem a essa antiga estratégia para fisgar o eleitor.

Estão na mira “Jô Soares do INSS”, “Marcos Valério da UnB”, “Ivete da Funasa”, “Garrincha do Dnit”, “Tequinha do Incra” e muitos outros identificados depois de um pente-fino em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), segundo o Estadão.

Nas ações, que começam a ser ajuizadas nesta segunda-feira, a AGU pede que os registros sejam alterados.

Além de ser proibido o uso de nomes, siglas e marcas das pessoas jurídicas, inclusive órgãos do governo, para fins particulares, segundo a AGU, a apropriação do nome venderia a falsa expectativa de que, eleito, o candidato poderá ajudar o cidadão na administração pública.

A apropriação também criaria uma desigualdade em relação aos concorrentes, ao sugerir, pelo nome, ter acesso mais fácil à estrutura do governo.

CURSO SOBRE PRODUÇÃO DE GRAVIOLA

Ilhéus recebe a partir dessa segunda (23), até sexta (27), o Curso para Formação de Técnicos em Produção Integrada das Anonáceas, gênero de frutas do qual fazem parte a graviola e a pinha.

O objetivo do curso, oferecido pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), é formar profissionais da área para serem os responsáveis pela assistência técnica, execução e acompanhamento da produção integrada de anonáceas.

O evento é voltado para engenheiros agrônomos/agrícolas, de alimentos, biólogos, técnicos agrícolas e estudantes do último ano desses cursos.

As inscrições e outras informações podem ser adquiridas na gerência da Adab em Ilhéus e no Sebrae Regional de Santo Antônio de Jesus.

MAIS DE 25 MIL VAGAS EM CONCURSOS

Pelo menos 102 concursos públicos em todo o país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (23) e reúnem 25.485 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 21.766,15 no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (Rio de Janeiro).

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva, ou seja, os aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Clique aqui e veja a relação das vagas.

APARECE DINHO GÁS!

Dinho Gás estaria fugindo do oficial.

Um oficial de justiça está cansado de gastar as canelas em busca do presidente da câmara de Ilhéus, Dinho Gás (PSD). A missão é entregar um ofício que o obriga a dar posse ao suplente de Valmir de Inema, cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), lembre aqui.

Segundo o radialista J Hage, que comanda o programa Alerta Geral na Rádio Santa Cruz, o oficial não tem mais lugar onde procurar o presidente.

Dinho deveria ter dado posse ao radialista Gil Gomes (PP), suplente de Valmir, há quase dois meses, mas vinha protelando, até a justiça fechar o cerco contra ele.

MORADORES DO SANTO ANTÔNIO ILHADOS

O fim de semana foi de transtornos para os moradores do distrito de Santo Antônio, em Ilhéus.

O problema não é novo: a péssima situação da Rodovia 251, que liga Buerarema ao Pontal e dá acesso ao distrito.

No fim de semana, a chuva piorou ainda mais o estado da rodovia, deixando a estrada intrafegável e os moradores ilhados.

Produtores rurais não puderam escoar seus produtos, acumulando perdas.

CARMINHA, A PROFESSORINHA E O PROFESSOR DE PONTA

Por Malu Fontes

Esta semana Avenida Brasil chegou ao 100º capítulo levando ao ar uma trama que há muito não prendia tanto o telespectador, ancorada em ganchos sucessivos e não deixando saudades do tempo em que o público de novelas tinha que esperar 180 capítulos para ver o desfecho central se realizar ou para ver um mistério anunciado no primeiro capítulo ser revelado. Do lado de cá da tela, no caso do telespectador de Salvador, outros 100 capítulos sem nenhuma atratividade e nenhum desfecho também foram ao ar na mesma semana: a greve dos professores da rede pública estadual, há 100 dias fora da sala de aula.

BISPO – Enquanto em Avenida Brasil Adriana Esteves vem dando um banho de interpretação, sobretudo em se tratando da TV, um veículo que deixa pouquíssimo espaço para o ator crescer em seus personagens a ponto de explodir em talento numa tela tão pequena, na chanchada da greve baiana não houve espaço para outra coisa senão para a explosão do grotesco. Do lado do Governo, além do já tradicional modus operandi lentíssimo do governador Jaques Wagner de só negociar conflito quando nem mesmo o bispo, literalmente (no caso, o Cardeal Arcebispo Primaz de Salvador, Don Murilo Kirieger, que sempre tenta ajudar em negociações entre grevistas e Governo do Estado) suporta mais tanto imobilismo, mais duas cenas grotescas marcaram essa greve para nunca mais saírem da história da (péssima) educação na Bahia.

(mais…)